Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Rio de Janeiro sedia 36? Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia



29/10/2004
O Rio de Janeiro se prepara para sediar o maior encontro da ortopedia brasileira e o terceiro maior do mundo, o 36? Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia, que acontece entre os dias 30 de outubro e dois de novembro, no Riocentro, Barra da Tijuca.



Promovido pela Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), o evento ir? reunir cerca de quatro mil congressistas, entre eles especialistas de v?rios pa?ses como M?xico, Brasil, EUA, It?lia, Su?cia, Argentina, Pol?nia, Peru, Rep?blica Tcheca, Alemanha, Uruguai e Chile. O presidente da Federa??o Nacional dos M?dicos, Waldir Cardoso, foi convidado para participar do Congresso. Entre os principais nomes internacionais est?o o presidente da Academia Americana de Cirurgi?es Ortopedistas (AAOS), James Herndon, e o professor sueco Lars Lidgren, um dos poucos ortopedistas do mundo a serem indicados para o Pr?mio Nobel.



O congresso contar? com mais de 800 palestrantes, que discutir?o temas como avan?os no tratamento aos acidentados de tr?nsito e viol?ncia interpessoal; ortopedia esportiva; ortopedia ligada a idosos; traumatologia; artrose; joelho; coluna; p? e outros. Al?m de cursos sobre fratura de antebra?o, s?ndrome do impacto, tipos de artroplastia e les?es causadas pela pr?tica de esportes, assuntos como osteoporose e ostoss?ntese, bem como trauma de punho, fratura de coluna e tendinite, tamb?m ser?o abordados durante o congresso.



O 36? Congresso ter? diversas mesas redondas acontecendo simultaneamente em cinco salas, que v?o abordar assuntos como o respeito ao idoso, discutindo a atua??o do ortopedista na orienta??o da preven??o de quedas, principal causa de fratura entre os idosos. Nas mesas tamb?m ser?o discutidas quest?es como traumatologia desportiva, artroscopia e doen?as osteometab?licas. J? os temas livres e os cursos dos comit?s estar?o organizados em 13 salas paralelas.



A grande novidade este ano ? a realiza??o de um curso organizado pelas comiss?es de Ensino e Treinamento e Educa??o Continuada. O curso ? gratuito para todos os congressistas, mas ser? dirigido, prioritariamente, para os residentes, receptor de resid?ncia, chefes de servi?o e ortopedistas generalistas. Al?m desse, cursos sobre tratamento de fraturas articulares, les?es traum?ticas, traumatologia pedi?trica e tratamento das escolioses tamb?m ser?o destaque durante os quatro dias de congresso.



Acidentes de tr?nsito



As seis recomenda??es da Organiza??o Mundial de Sa?de e do Banco Mundial para um tr?nsito seguro e saud?vel ser?o apresentadas e debatidas durante o evento. Isso porque 85 % das les?es de tr?nsito s?o tratadas por ortopedistas, principalmente les?es em coluna, bra?o e pernas. A cada ano, nos acidentes e atropelamentos, morrem no mundo 1,2 milh?o de pessoas, a maioria nos pa?ses subdesenvolvidos, o que equivale ? queda di?ria de 10 Airbus B-777, o maior jato comercial em circula??o, com capacidade para 300 passageiros.



Entre as medidas concretas para evitar acidentes e atropelamentos previstas na quinta recomenda??o, est?o o uso obrigat?rio de luzes diurnas pelos ve?culos durante e a instala??o de baf?metros para controle do consumo de ?lcool pelos motoristas.



Um dos participantes do simp?sio interativo sobre as seis recomenda??es da OMS/ONU para um tr?nsito seguro e saud?vel ser? o Dr. Jeffrey Augenstein, presidente da AAAM - Associa??o para o Estudo Avan?ado da Medicina Automotiva. "O tr?nsito se transformou numa chacina di?ria inaceit?vel", lamenta o presidente da SBOT, Neylor Pace Lasmar.



Cirurgias minimamente invasivas



Outro tema do congresso s?o as cirurgias minimamente invasivas, que antigamente eram feitas atrav?s de grandes cortes no corpo e hoje s?o realizadas com pequenos cortes de apenas cinco ou sete cent?metros. Entre as principais vantagens est?o r?pida recupera??o, menos dor, menos risco de infec??o, p?s-operat?rio menos doloroso e r?pido retorno para casa. S?o realizadas principalmente em quadril, joelho e ombro (nessa ordem de freq??ncia). Beneficia, principalmente, idosos e pessoas com graves problemas nas articula??es.



Ortopedia desportiva:



Tamb?m ser?o tratados temas relacionados ?s les?es mais comuns em cada esporte para atletas e n?o-atletas, como ombro - avan?os em artroscopia -, discuss?o sobre les?o no manguito rotator, a doen?a cr?nica que o presidente Lula possui no ombro); e idosos - respeito aos idosos -, discuss?o sobre o estatuto do idoso, com foco na atua??o do ortopedista na orienta??o da preven??o de quedas, principal causa de fratura entre idosos, al?m da atua??o da SBOT em projetos como a Pra?a Segura e a Casa Segura, que garantem m?todos mais seguros para o dia-a-dia do idoso.



Fonte : Link Comunica?



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 971 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)