Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar




Palavras-chave

Servidores da Fiocruz cobram compromisso do governo de equalizar os sal?rios



23/02/2005
RIO - Os servidores da Funda??o Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz) v?o realizar manifesta??o nesta quinta-feira (24), em frente ao Castelo de Manguinhos, para cobrar o compromisso do governo federal de equaliza??o dos sal?rios na Fiocruz. Um sexto dos servidores da institui??o tem sal?rios 26% inferiores aos dos demais. Para refor?ar o protesto convocado pela Associa??o dos Servidores da Fiocruz (Asfoc), na fachada do Castelo ser? estendido um grande painel reproduzindo o compromisso assumido pelo ministro Humberto Costa, diante do presidente Lula, quando visitou a Fiocruz no dia 5 de agosto do ano passado: ´´? uma determina??o do presidente que n?s possamos efetivamente resolver essa quest?o´´.



Os servidores v?o demandar dos dirigentes da Fiocruz apoio ao movimento, com a elabora??o de um documento solicitando a Humberto Costa maior empenho para garantir o compromisso de governo por ele anunciado. Querem, tamb?m, a forma??o de uma comiss?o de dirigentes para, junto com a Asfoc, buscar uma solu??o definitiva em Bras?lia.



A quest?o da equaliza??o dos sal?rios na Fiocruz foi levada ao pr?prio presidente Lula, por meio de um documento protocolado no dia 22 de fevereiro, por diretores da Asfoc no Pal?cio do Planalto. O documento afirma que ´´a solu??o para a extin??o da inconceb?vel desigualdade salarial que ainda vigora entre n?s, apesar de anunciada j? no in?cio das negocia??es, foi in?meras vezes adiada desde ent?o. Chegou-se mesmo ao absurdo de se cogitar no governo o nada fazer, desrespeitando a determina??o presidencial´´.



Os servidores querem que seja efetivada a cria??o de uma gratifica??o provis?ria, alternativa que solucionaria a curto prazo a quest?o e que ? resultado dos esfor?os de negocia??o e acordo entre a Asfoc, presid?ncia da Fiocruz, minist?rios da Sa?de, Planejamento e parte da pr?pria Casa Civil. No entanto, nem mesmo o aviso ministerial (n.? 1345 de 17/12/2004), no qual o Humberto Costa defende essa solu??o junto ao ministro Jos? Dirceu, parece ter sido suficiente para remover os obst?culos interpostos por uma parte dos assessores da Casa Civil, conforme afirma o documento.







Fonte : JB Online - 23/02/2005



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 559 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)