Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

PR: médicos do PSF de Ponta Grossa suspendem greve



25/06/2009
Os médicos do Programa de Saúde da Família (PSF) de Ponta Grossa, no Paraná, resolveram suspender a greve iniciada no dia 22 de junho. A decisão foi tomada após uma audiência na Justiça do Trabalho, na qual o secretário Municipal de Saúde, Winston Antonio Bastos, assumiu compromisso de fazer uma contra proposta e negociar a pauta de reivindicações apresentada pelo SIMEPAR.

Os médicos voltam ao trabalho nesta terça-feira, 30 de junho, após oito dias de paralisação. O secretário de Saúde se comprometeu a apresentar estudo referente às reivindicações da categoria no próximo dia oito. A partir dessa data, será estabelecida uma mesa permanente de negociação entre os médicos e representantes da Prefeitura.

O presidente do Sindicato dos Médicos do Paraná e diretor da FENAM, Mario Antonio Ferrari, avalia o movimento como vitorioso, pois os médicos conquistaram um canal de negociação com os gestores municipais.

"Os colegas do PSF de Ponta Grossa demonstraram firmeza e unidade e isso é fundamental. Agora, esperamos que as negociações avancem e seja alcançado o objetivo principal, que é a melhoria da qualidade do atendimento à população", completou Ferrari.



Fonte : Assessoria de Imprensa do Simepar, com edição de Denise Teixeira



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1430 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)