Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Seminário discute novos rumos para a saúde mental



20/07/2009
Médicos psiquiatras de várias partes do país debateram durante a manhã desta sexta-feira, 17 de julho, a assistência à saúde mental no Brasil. Com larga experiência na atividade psiquiátrica, os profissionais presentes trouxeram à tona importantes questionamentos sobre a área. A reforma psiquiátrica e as ações que devem nortear a assistência à saúde mental foram pautas principais da discussão, que também seguiu em torno do consenso da classe médica no que diz respeito à necessária luta política por melhores condições de trabalho, salários dignos e estabilidade.

A falta de psiquiatras, que são em torno de 300 na Bahia, tem dificultado os trabalhos, enquanto a falta de formandos procurando a especialidade, apesar de um pequeno crescimento registrado recentemente, tem deixado os médicos preocupados, quanto ao futuro da saúde mental não só no estado, mas também no País. O governo tem propostas para aumentar o número de vagas para residentes nas unidades psiquiátricas, mas segundo Dra. Rosa Garcia Lima, "só essa medida não é suficiente, porque nós temos vagas que ainda não foram preenchidas".

Os médicos demonstraram a sua preocupação quanto à formação dos novos psiquiatras e partiram em defesa de um treinamento e uma capacitação maior dos técnicos que lidam com a saúde mental e também para os médicos sem a especialização adequada, mas que acabam realizando esse tipo de atendimento, como acontece no interior do estado. Alguns programas foram citados para o auxílio dessas pessoas, como o "Disque Saúde Mental", que foi alvo de críticas e elogios.

O presidente da Associação Baiana de Psiquiatria, Eduardo Saback levantou alguns importantes questionamentos. Segundo ele, é preciso estabelecer respostas para determinados temas como qual a necessidade real do hospital psiquiátrico, uma vez que o seu fechamento é tão questionado. Saback, no entanto, deixou claro seu posicionamento contrário à prática, porém disse que só através de reflexões como esta o médico poderá encontrar formas de melhorar a assistência dos pacientes mentais no país. O médico ainda levantou a questão de uma reforma psiquiátrica que comece na graduação e colocou a Associação que preside à disposição para atender as necessidades da classe.

Já a Dra. Fátima Vasconcelos, presidente da Associação Psiquiátrica do Rio de Janeiro e representante da Associação Brasileira de Psiquiatria apresentou dados preocupantes sobre a saúde pública mental no país, mas destacou que o clima de revanchismo entre quem defende o fechamento ou a abertura de manicômios não deve existir. Ainda destacou a importância de uma formação humanística adequada e de um trabalho de capacitação dos profissionais para a convivência e trabalho nos CAPS. "O que devemos é fortalecer os profissionais em suas áreas de competência, definir claramente o médico capacitado na sua função de medicar".

"O encontro não poderia ter sido melhor, pois a reunião foi muito produtiva. Todos os presentes participaram das discussões e isso atendeu às nossas expectativas", declarou Dra. Rosa Garcia Lima ao final do evento.

Os palestrantes foram o presidente da Fenam Nordeste, Dr. Edson Gutemberg de Souza. Dra. Fátima Vasconcelos – presidente da Associação Psiquiátrica do Rio de Janeiro e representante da Associação Brasileira de Psiquiatria. Dra. Rosa Garcia Lima, conselheira do CREMEB, também membro da Associação Brasileira de Psiquiatria e o Dr. Eduardo Saback, presidente da Associação Baiana de Psiquiatria. Na platéia, médicos de várias partes do país, como Dr. Mário Ferrari, membro da Comissão Psiquiátrica da Fenam, representando o Sindicato dos Médicos de Minas Gerais, o Dr. Cristiano da Mata e do sindicato de Brasília, o Dr. Antônio José. Além do diretor da Fenam, Mário Fernandes Lins entre outros profissionais gabaritados e com larga experiência na área de saúde mental. Os psiquiatras estão na espera dos próximos encontros, que possivelmente acontecerão na região Sudeste.
Fonte : Sindmed/BA



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1831 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)