Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Entrevista: diretor da FENAM analisa a demissão em massa dos médicos de Cuiabá



10/09/2009
As demissões em massa dos médicos da prefeitura de Cuiabá continuam. Depois de dois anos tentando negociar com a prefeitura os médicos se mobilizaram na tentativa de resolver as questões de saúde no município.

Entre as reivindicações estão melhores condições de trabalho e aumento salarial.

"Nós temos um déficit de leitos de pacientes, de materiais e de infra-estrutura. Às vezes o médico está disponível para fazer o atendimento, mas falta leito, falta medicamento, falta estrutura para fazer um exame," ressaltou Edinaldo da Fonseca Lemos, diretor de Formação Profissional e Residência Médica da FENAM e diretor do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso.

Em entrevista à Radio FENAM, Edinaldo da Fonseca Lemos, falou sobre a mobilização e como está o processo de negociação com a prefeitura.




Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 862 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)