Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Pernambuco: entidades sindicais promovem debate sobre Pré-Sal



21/10/2009
O Sindicato dos Médicos de Pernambuco (SIMEPE) e as centrais sindicais de Pernambuco(CUT, Força Sindical, UGT, CGTB, CTB, Nova Central e Conlutas) promovem o "Primeiro Grande Debate" sobre a exploração do marco regulatório, distribuição dos recursos para a economia e o desenvolvimento regional com a cadeia produtiva. A sustentabilidade da exploração e produção do petróleo na camada pré-sal será objeto de desse encontro e promete esquentar a discussão sobre a nova fronteira petrolífera, que está sendo apontada pelo governo como a nova independência do Brasi.

Na próxima sexta-feira (23/10), às 19h, serão realizadas palestras com o presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobrás do Rio de Janeiro, Fernando Siqueira e com o presidente da Federação Única dos Petroleiros, João Antônio de Morais, também do Rio de Janeiro.

No dia 24/10, às 9h, o presidente do Sindicato dos Petroleiros Soares do Rio Grande do Norte, Márcio Dias e o geólogo da Petrobras/diretor do Sindpetro, Dalton Santos, comandam o debate. As palestras acontecem no auditório da Associação Médica de Pernambuco (AMPE), Praça Oswaldo Cruz, 393,Boa Vista/Recife.

O qué o Pré-sal?

Trata-se de uma grande área descoberta com reservas importantes de petróleo que foram formadas há mais de 100 milhões de anos e que ficam sob o fundo do mar, com uma faixa 800 quilômetros de extensão por 200 quilômetros de largura e na profundidade de 5 mil a 7 mil metros abaixo do nível do mar e depois de uma camada de sal estimada em 2 quilômetros de espessura.

As reservas de petróleo em toda a área do pré sal ainda não foram estimadas, mas só em uma parte, que fica o campo Tupi foram estimadas que podem chegar até 8 bilhões de barris do petróleo bruto.

O Governo quer que esta grande reserva sirva para melhorar a vida do povo brasileiro, com investimentos de parte do lucro em obras para a população, principalmente na educação, e por isso, a preocupação em abrir uma empresa que possa controlar toda esta riqueza que está no fundo do oceano.

O presidente Lula assinalou que esta riqueza pertence ao povo brasileiro e não quer correr o risco de que tudo isso fique na mão de meia dúzia de empresários.
Fonte : Simepe



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 938 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)