Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

FENAM se filia à Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários


Foto: CNTU/Divulgação
FENAM se filia à Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários
Representantes da FENAM e da CNTU se reuniram para oficializar a filiação da entidade médica.


01/12/2009
Após decisão do Conselho Deliberativo, que se reuniu em Florianópolis no último dia 28, a Federação Nacional dos Médicos passou a ser a mais nova filiada da Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários (CNTU). Com isso, a FENAM reforça a luta pela representação e defesa dos profissionais liberais de nível universitário.

"Tivemos diversas conversas e ficamos com uma impressão muito boa da Confederação, que tem uma nova visão de sindicalismo, voltada para o futuro e não para privilégios. Entendemos que havia uma sintonia maior com a nossa Federação", disse Paulo de Argollo Mendes, presidente da FENAM.

Segundo Argollo, entre as principais bandeiras da FENAM que serão abraçadas pela CNTU, estão o piso salarial para o médico de R$ 7 mil para jornada de 20 horas semanais, a criação da carreira de Estado para os médicos, com ingresso por concurso e dedicação exclusiva, e a luta contra a privatização da saúde no Brasil, além do Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos para os que atuam nos serviços públicos.

O presidente da CNTU, Murilo Pinheiro, comemorou a filiação. "Trata-se de uma entidade forte, organizada e representativa de uma categoria de grande importância para o Brasil. Sua adesão significa grande avanço do ponto de vista político e sindical para a nossa confederação", concluiu.

O representante da FENAM junto às entidades sindicais de grau superior, Gustavo Picallo, considerou a filiação da Federação à CNTU "um capítulo importante do movimento médico". Para ele, a filiação anterior não acrescentou muito à FENAM em termos de representatividade, de colocação no cenário nacional.

"É uma tentativa de, junto a essa nova confederação, haver uma participação maior da FENAM e com isso podemos conseguir representar melhor os médicos do Brasil. Espero que possamos participar das próximas reuniões da FENAM e CNTU, para que possamos compor junto com a confederação a sua diretoria, dando maior respaldo a nossa luta e maior representatividade aos médicos", finalizou Gustavo Picallo.


Fonte : CNTU e Imprensa FENAM



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1011 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)