Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar




Palavras-chave

FENAM e Sindmepa debatem temas importantes no Congresso Médico Amazônico



26/04/2010
A Federação Nacional dos Médicos e o Sindicato dos Médicos do Pará (Sindmepa) participam do XV Congresso Médico Amazônico que acontece de 25 a 28 de abril no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém (PA). O Sindmepa discutirá temas de interesse da categoria, como a implementação do Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos (PCCV) no Pará, a Aposentadoria Especial e as atividades do sindicato em defesa dos médicos do Pará.

"O Congresso é o maior evento científico e cultural do Norte do país. Este será um importante momento para atualização, intercâmbio de conhecimento científico e aperfeiçoamento profissional", declarou João Gouveia, diretor do Sindmepa.

No primeiro dia do evento (25) o diretor do Sindmepa, João Gouveia, participou da mesa redonda sobre 'O papel das entidades de classe na medicina'. Nesta segunda (26), será debatido o tema da 'Aposentadoria Especial', que terá como presidente de mesa o diretor Wilson Machado e como palestrante Lúcia Regis, advogada do Paraná especialista no assunto. E no dia 27, às 15h30, os médicos João Gouveia e Eduardo Santana, diretor da Federação Nacional dos Médicos (Fenam), apresentarão e debaterão com o público o PCCV.

Para as entidades médicas, a falta de uma carreira e remuneração digna para os médicos é um problema de saúde pública, que reflete na falta de médicos no interior, o não preenchimento das vagas dos concursos, a escassez de médicos especialistas em hospitais de referência, entre outras, que acabam prejudicando diretamente a população. 'Os médicos no Pará não são valorizados. Enquanto os demais estados da região Norte já implementaram o seu PCCV o Pará não tem nem um estudo fechado para um Plano no Estado', declarou Waldir Cardoso, secretário de Comunicação da FENAM.

Outro tema de extremo interesse é a questão da Aposentadoria Especial, que já foi discutida com os sindicalizados do Sindmepa. 'Realizamos, em outubro de 2009, uma assembleia geral com os médicos servidores federais, com atuação no Pará, estaduais e municipais para consultar os profissionais que desejam recorrer, via Supremo Tribunal Federal (STF), pela garantia do direito à aposentadoria especial após 25 anos de trabalho insalubre, prevista para a categoria', finalizou Wilson Machado.
Fonte : Sindmepa, com alterações.



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1352 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)