Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

PE: denúncia de insegurança deixa SPA de Peixinhos e do Varadouro sob risco de interdição



01/06/2010
Na manhã da última segunda-feira (31), os médicos de Olinda que trabalham no SPA de Peixinhos e no SPA de Varadouro, acompanhados pelo presidente do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), Silvio Rodrigues, e o diretor, Tadeu Calheiros, estiveram no Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) onde entregaram em mãos ao presidente da entidade, André Longo, um documento relatando a insegurança nas unidades de saúde.

Na ocasião, os médicos expuseram o cenário de risco e medo ao qual são submetidos no local do trabalho diariamente e a qualquer hora do dia. Eles relataram diversos tipos de agressão, de moral à física, inclusive com armas, e revelaram-se insatisfeitos com a situação. "É uma desgraça anunciada. Olinda não cumpre o Código de Ética Médica", desabafou, Carli Jansen, médica do município.

Ainda de acordo com os médicos, a falta de segurança não é o único problema que atinge as unidades de saúde no município. Existem plantões desfalcados, prédios em condições precárias, ambulâncias sucateadas e número insuficiente de médicos para atender a demanda.

Diante das denúncias, André Longo afirmou que já vem acompanhado o movimento de Valorização dos Médicos e que as medidas cabíveis serão tomadas. "Já protocolamos o documento, amanhã os fiscais do Cremepe farão fiscalização nos dois SPA, além disso, convocaremos a diretora técnica das unidades e a secretária municipal de saúde, Tereza Miranda, para tratar do assunto", explicou. Caso constatado as denúncias daremos um período de tempo para a Prefeitura resolver as pendências, caso contrário os SPA correm o risco de interdição.

Na opinião do presidente do Simepe, Olinda passa por um momento complicado na saúde pública. "A situação é agravante, mas a gestão não parece estar incomodada. Estamos tentando negociar melhorias na saúde, há algum tempo, mas até agora não houve avanços, ao contrário, houve retaliações", concluiu. Por sua vez, o diretor do Simepe, Tadeu Calheiros, avaliou positivamente a postura do Cremepe diante da situação apresentada pelos médicos, e espera que o cenário no município.

Hoje (01), os médicos de Olinda voltarão a se reunir em Assembleia Geral, no Simepe, às 19h30.
Fonte : Assessoria de Imprensa do SIMEPE



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1111 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)