Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

PE: médicos discutem problemas das UPAS



27/09/2010
Excesso de atendimentos, número inadequado de profissionais e problemas de infraestrutura foram a tônica da reunião entre representantes do Sindicato dos Médicos (Simepe) e o corpo clínico de UPAs. Na reunião foram abordados temas importantes que, hoje, são rotineiros nas demais UPAs da Região Metropolitana do Recife.

1) Falta de isonomia salarial e diferentes produtividade entre as categorias médicas.

2) Falta de chefia médica por plantão

3) Interferência da direção na autonomia do médico durante o plantão, causando constrangimento entre os profissionais.

40 Sobrecarga de trabalho com exemplo de profissionais que chegam a atender mais de 60 pacientes em turno de 12 horas

5) Escalas médicas desfalcadas levando a dobra de plantões de até 36 horas seguidas com prévia ciência da direção técnica sem resolução da mesma.

A diretoria do Simepe já visitou algumas UPAs, entre elas, Olinda, Torrões e Igarassu, constatando as referidas queixas dos profissionais e vai agendar reunião com todas as direções das OSs responsáveis para discutir os problemas e as reivindicações dos médicos que atuam nessas unidades de saúde.

Uma nova reunião com os médicos está marcada para o dia 06 de outubro, às 19h, no auditório do Simepe.
Fonte : Simepe



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1268 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)