Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar




Palavras-chave

PE: médicos de Camaragibe aguardam nova proposta da Prefeitura



08/11/2010
Em assembléia geral, os médicos da rede municipal de saúde de Camaragibe (PE) classificaram como positiva a reunião mantida entre a Defensoria Médica do Sindicato dos Médicos (Simepe), o Poder Judiciário e a Procuradoria Municipal, visando o restabelecimento das negociações da Campanha Salarial deste ano.

Durante o encontro, o advogado Ricardo Santos e a representante da Prefeitura ampliaram o debate sobre remuneração, gratificações, leis municipais 418 e 419, Plano de Cargos e descontos efetuados nos salários dos profissionais. Foram três horas de reunião, intermediada pelo Poder Judiciário. "Uma nova proposta deverá ser apresentada ao Sindicato na reunião do dia 12 deste mês. Com isso, avançaremos em caráter definitivo para a formulação do Termo de Compromisso", disse Ricardo Santos.

Mobilização e carta aberta - De acordo com o presidente do Simepe, Silvio Rodrigues, independente da flexibilização nas negociações, o movimento vai ser intensificado, com mobilização nos locais de trabalho para novas adesões dos profissionais, principalmente, dos plantonistas do Cemec Centro. "Uma carta aberta será distribuída aos médicos e a população de Camaragibe, em resposta ao prefeito João Lemos que mostra-se insensível há 10 meses às reivindicações que incluem condições de trabalho, salários, PCCV e valorização da categoria médica", ressaltou.

Mais de 60 cartas, com intenção de exoneração, foram contabilizadas pelo Simepe, das quais 32 já foram reconhecidas em cartório e oficialmente entregues à Prefeitura na semana passada. Vale lembrar que no próximo dia 18, haverá desligamento de vários profissionais da rede municipal de saúde, por conta do fim do aviso prévio de 30 dias, através do pedido de exoneração de seus cargos.

Deste o começo do ano, o Simepe apresentou à Prefeitura de Camaragibe uma pauta de reivindicação, na qual incluia desde condições de trabalho e estruturas precárias à equiparação salarial com o Estado e municípios vizinhos, como Recife, Cabo e Jaboatão dos Guararapes. Mas, o prefeito João Lemos, não apresentou nenhuma contraproposta que contemplasse as reivindicações da categoria. Além disso tratou os médicos com descaso e arrogância.

Na próxima quinta-feira (17) haverá uma nova assembleia, na sede do Sindicato, às 19h, para avaliação e encaminhamento dos rumos do movimento na rede municipal de Camaragibe.
Fonte : Simepe



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1077 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)