Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

SC: sindicato discute remuneração com médicos de Balneário Camboriú



10/11/2010
Os profissionais ligados à prefeitura municipal reivindicam melhores salários e condições de trabalho. A média de vencimentos atual é de R$ 1.600 para jornada semanal de 20 horas.

Comitiva do Sindicato dos Médicos de Santa Catarina (SIMESC) formada pelo presidente, secretário geral e 1ª secretária, Cyro Soncini, César Ferraresi e Zulma Carpes respectivamente, foi a Balneário Camboriú no dia 4 de novembro acompanhados do advogado, Erial de Haro, e dos diretores regionais, Pedro Alves Cabral Filho, Renato Vargas e Delmo Dumke, para auxiliar os médicos da Prefeitura Municipal no pedido de revisão dos salários. Cerca de 20 profissionais participaram do encontro realizado no Clube do Médico com a finalidade de detectar os problemas na região e organizar o movimento por melhores condições de trabalho e remuneração.

Cyro Soncini lamentou a dificuldade do médico em agir coletivamente e afirmou que o primeiro passo é decidir o que se quer, sem perder de vista o estabelecimento de reinvindicações 'lógicas' e possíveis. Também alertou para a necessidade de confirmar informações, como por exemplo, se está em construção ou votação na Câmara, um Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos para os servidores municipais. O médico, Tharnier Zaguini, defendeu a necessidade de união ao redor do Sindicato, e o secretário César Ferraresi destacou a importância da atitude do grupo. "Sozinho não se consegue melhorar as condições, é necessário estratégia, algumas vezes inclusive, é preciso saber dar um passo atrás para, em seguida, dar dois adiante."

Ferraresi explicou a situação dos médicos da Prefeitura Municipal de Florianópolis, a maioria contratada em regime estatutário. O advogado, Erial de Haro, esclareceu aspectos do serviço público como a limitação de o gestor só poder conceder aumento aos servidores dentro da mais estrita legalidade, tendo em conta a Lei Orgânica do município e o Estatuto dos Servidores Públicos Municipais. A próxima reunião já tem data marcada, 14 de dezembro. Como pauta, a reivindicação propriamente dita - com apresentação de proposta - e o debate sobre a eleição do diretor clínico.

O diretor regional, Renato Vargas, agradeceu a presença de todos e o apoio da diretoria executiva. Cyro Soncini disse que gostariam de ser julgados pelo comprometimento e pelo fato de estar juntos, já que o resultado é sempre consequência de muitas variáveis. O apoio logístico à reunião foi assegurado pela coordenadora administrativa Terezinha Koerich.
Fonte : SIMESC



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 806 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)