Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Dia nacional de paralisação tem adesão total dos médicos no RN



07/04/2011
Hoje o Rio Grande do Norte parou junto aos médicos do estado, município e planos de saúde. Durante a manhã, os médicos fizeram uma manifestação pública, em frente à Assembleia Legislativa, por melhorias nas condições de trabalho, reajuste de honorários, regularização de contratos e pela melhor relação entre médicos e operadoras de saúde.

Em manifestação movimentada, médicos de várias especialidades participaram da paralisação e aproveitaram o momento para apresentarem suas reivindicações aos planos de saúde e as Secretarias de Saúde estadual e municipal.

No RN o dia de paralisação foi além dos médicos de planos de saúde, que acompanharam o movimento nacional, os médicos do município, realizaram paralisação de advertência diante do desabastecimento geral na saúde municipal. E os médicos da maternidade Divino Amor e os cirurgiões do Deoclécio Marques, lotados em Parnamirim, também acompanharam o dia de paralisação como forma de protesto diante da realidade caótica e precária vivida em ambos os hospitais.

Audiência pública com médicos de planos de saúde alerta a sociedade

Ainda pela manhã os médicos dos planos de saúde participaram de uma audiência pública na Assembleia Legislativa, mediada pelo Deputado e médico Leonardo Nogueira (DEM/RN) que teve como objetivo alertar os planos de saúde sobre a insatisfação dos médicos com o valor pago pelos procedimentos. A audiência contou com a exposição dos presidentes das entidades médicos do estado e um representante do Ministério Público.

Fernando Pinto, integrante da Comissão de Honorários Médicos estadual abriu os trabalhos e em sua fala expôs dados recentes relacionados à desvalorização do honorário médico, a defasagem no reajuste, chamou atenção para as leis que favorecem o médico nas negociações com as operadoras de saúde. Ele apresentou ainda, uma tabela que mostra o real valor de uma consulta médica depois de liquidado todos os gastos com manutenção de consultório, funcionário, tributações e outros gastos. No final do mês com 240 pacientes atendidos e despesas liquidadas o médico recebe efetivamente cerca de R$3,46 por consulta.

O presidente do Sindicato dos médicos do RN, Geraldo Ferreira ressalta a importância da unidade no movimento pela valorização dos médicos de plano de saúde. "As sociedades de especialidades médicas devem levantar essa bandeira juntas. Pois é assim que fortaleceremos o nosso movimento em busca de avanços nas negociações", afirmou.

Para Álvaro Barros, presidente da Associação Médica do RN o maior prejudicado é o associado que depende do plano. "É uma burocracia abusiva que coloca o usuário em risco e não respeita a decisão do profissional médico. A população precisa abrir os olhos e reivindicar os seus direitos", alerta.

O presidente do Conselho Regional de Medicina, Jeancarlo Fernandes se comprometeu em avaliar junto ao conselho o posicionamento dos planos ligados à autonomia e o comprometimento do trabalho médico.

O promotor Alexandre Cunha Lima, que vai mediar as reivindicações, se disse assustado com a denúncia dos médicos sobre interferência dos planos nas decisões que deveriam ser estritamente técnicas. "É preocupante a interferência nos procedimentos médicos. Planos dizendo o que pode fazer, que remédio prescrever. Vamos investigar a falta de autonomia".

Encaminhamentos

No encerramento da audiência os médicos definiram os encaminhamentos a serem seguidos. Da parte dos médicos houve um pedido de apoio e respaldo do ministério público para que a partir da próxima semana dêem inicio as rodadas de negociações com os planos de saúde. O representante do MP deixou claro, a pertinência das colocações e que o ministério do trabalho também deve se envolver na causa.

Uma assembleia na Associação Médica hoje, às 19h vai definir os caminhos adotados pelos médicos diante desta questão.
Fonte : Sindicato dos médicos do RN



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 831 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)