Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

MG: médicos de Curvelo buscam melhorias salariais com o apoio do sindicato



14/06/2011
Em busca de melhorias salariais, médicos do PSF e plantonistas de Curvelo buscaram o apoio do Sinmed-NG. Uma assembleia, dia 17 de maio, no Rotary Club local, com a presença do presidente do sindicato, Cristiano da Matta Machado, da advogada Nilma Pereira e de cerca de 20 profissionais da cidade, marcou o início da campanha.

Na manhã do mesmo dia, Matta Machado teve uma reunião com o prefeito José Maria Pena Silvam quando o gestor alegou que as despesas da Prefeitura com pessoal já estão no limite. Durante a AGE, o prefeito apareceu inesperadamente para conversar com os médicos e propôs fazer negociações individuais, o que foi rechaçado pelos médicos.

Um dos médicos presentes informou que trabalha no Programa Saúde da Família, na Prefeitura, há oito anos e que durante esse tempo só houve pequenos aumentos. Trabalham hoje no município 14 equipes ESF (Atenção Básica em Serviço na Estratégia Saúde da Família), atingindo um percentual de cobertura de 70%. O ideal, segundo um dos médicos, seriam 21 equipes.

Outra médica disse que Curvelo, por ser cidade-pólo, recebe pacientes de 11 cidades, o que sobrecarrega o atendimento. Conforme levantamento enviado ao sindicato, a maioria das cidades vizinhas paga mais aos médicos.

Os médicos que trabalham no hospital filantrópico Imaculada Conceição, que recebe repasses da Prefeitura, se queixaram das condições de trabalho, devido principalmente às equipes incompletas. A falta de incentivo financeiro, além de não atrair novos médicos, tem afastado os que estão em atividade.

Os plantonistas obstétricos do hospital expuseram preocupação que a área obstétrica do Hospital feche por ausência de profissionais. Segundo eles, o médico obstetra não recebe pelo plantão de sobreaviso, somente por produção e o valor pago pelo plantão desestimula os profissionais.

A pauta de reivindicações dos médicos, construída após a assembleia, para encaminhamento à Prefeitura, Secretaria de Saúde e direção do hospital contempla: equiparação de vencimentos ao que vem sendo praticado na Região para pagamento dos médicos do PSF -R$12.000, reajuste do plantão do PA e área obstétrica para R$1.000 por 12 horas; melhores condições de trabalho; preenchimento da escala de plantão do bloco obstétrico; reajuste do valor pago pelo plantão no CAPS; estipulação de valor fixo para o plantão de sobreaviso do bloco obstétrico do Hospital; formalização de contratos administrativos, em se tratando de médicos da Prefeitura, até realização de concurso público; formalização de contratação dos médicos que prestam serviço ao hospital.

Uma nova AGE foi marcada para o dia 15 de junho, novamente em Curvelo.
Fonte : SINMED/MG



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1268 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)