Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

MS: médicos lutam contra as terceirizações



29/06/2011
Os médicos do Estado de Mato Grosso do Sul encontram-se em greve por melhorias das condições para seu desempenho, além de reivindicarem também melhores relações trabalhistas como a contratação via concurso público e a adoção do Plano de Cargo, Carreiras e Vencimentos (PCCV). A luta em Mato Grosso, conforme enfatiza o presidente do Sindicato dos Médicos do Estado, Edinaldo Lemos, é legítima e conta com o apoio da Federação Nacional dos Médicos (FENAM).

Uma das propostas dos profissionais é a de que nenhum médico seja contratado por Organização Social (OS), principalmente pelo IPAS e a São Camilo, ambas já credenciadas a assumirem as unidades de saúde no Estado.

Há necessidade de que a classe de lá seja ouvida com urgência, pois a Secretaria de Saúde anunciou que a partir do dia primeiro de julho as OS São Camilo vão começar a "operar" no município de Rondonópolis onde há um Hospital Regional. Há um rumor de que seriam trazidos médicos de outros estados, o que é uma possibilidade para ocuparem postos dos colegas grevistas.
Fonte : Maria Aparecida Torneiros



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 757 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)