Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Movimentos populares e sindicais unidos e contra a privatização da saúde



01/07/2011
Foi lançada na útlima quarta-feira (29.06), a Frente Cearense em Defesa do SUS e Contra a Privatização da Saúde. O evento, realizado no auditório Murilo Aguiar da Assembleia Legislativa do Ceará, contou com a participação de representantes de diversos movimentos sindicais, estudantis e entidades médicas. O movimento é coordenado por um colegiado formado por representantes do Sindicato dos Odontologistas do Ceará (Sindiodonto), MOVA-SE e Central dos Movimentos Populares.

O intuito da Frente, segundo José Maria Pontes, presidente do SIMEC e um dos idealizadores do movimento, é lutar contra a gerência de hospitais públicos por órgãos privados, como Organizações Sociais (OSs), Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs) e parcerias público-privadas, além de ser contra a Medida Provisória 520, de 2010, que cria a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) "A saúde, para as OSs, é tratada como mercadoria. Isso é inconstitucional, ilegal e imoral", diz. José Maria também lamenta a postura do governo diante do assunto. "O que a esquerda não deixou fazer no governo FHC, está fazendo agora. Isso nos deixa tristes", lamenta o presidente do Sindicato dos Médicos do Estado do Ceará.

A opinião de José Maria foi compartilhada por vários setores da população. Eliane Almeida, da Central dos Movimentos Populares, defende que o SUS é maior que qualquer divergência política. "O SUS foi uma conquista da classe trabalhadora. Não podemos deixar que um serviço usado por todos os trabalhadores se acabe", disse. Cláudio Ferreira, presidente do Sindiodonto, convocou toda a população para apoiar a Frente. "É importantíssima a participação dos movimentos populares e dos trabalhadores, para que eles lutem contra as formas do capitalismo de mercantilizar os direitos sociais", afirmou.

Atividade

A primeira atividade da Frente Cearense em Defesa do SUS e Contra a Privatização da Saúde será uma conferência livre no dia 07 de julho, na sede do MOVA-SE. O objetivo da conferência é a elaboração de propostas para serem levadas à Conferência Municipal de Saúde, que acontecerá nos dias 13, 14 e 15 de julho.
Fonte : SIMEC



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1205 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)