Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

AM: médicos decidem manter paralisação



21/07/2011
A assembleia realizada na noite da última terça-feira (19), pelo Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam) aconteceu com a finalidade de discutir as propostas feitas pela Unimed Manaus de valoração do trabalho médico, além da postura e propostas dos demais planos; fazer um balanço da mobilização e do envolvimento dos médicos, das sociedades de especialidades e gestores privados; e ainda analisar as formas de arrecadação do aporte financeira exigido pela Agência Nacional de Saúde (ANS).

Já no início do encontro o presidente do Simeam, Mario Vianna, informou a plenária que o presidente da Unimed Manaus, Asdrúbal Melo, convidado para a assembleia, encaminhou um documento no final da tarde de segunda-feira, comunicando que não participaria pelos seguintes motivos:

- Os fóruns para discussão dos assuntos internos da Unimed Manaus são os órgãos estatutariamente constituídos.

- A situação administrativa financeira da Unimed está sendo analisada pela ANS, através de regime de direção fiscal. E tão logo tenhamos a conclusão oficial, convocaremos uma AGE para levarmos ao conhecimento dos cooperados.

- Reafirmamos o apoio à legitimidade do movimento nacional pela valorização do trabalho médico.

- Continuamos negociando com as especialidades e temos certeza que, com a ajuda de todos, logo chegaremos a um ponto de equilíbrio entre os interesses dos cooperados e da cooperativa.

"Eu não compreendo por que a Unimed não compareceu. É lamentável essa postura", frisou Mario Vianna que se mostrou surpreso com a atitude do presidente da cooperativa.

Entretanto, mesmo não indo ao encontro da categoria a diretoria da Unimed Manaus enviou um advogado, Adriano Cabral, para acompanhar a reunião, porém a plenária não permitiu a presença dele por não se tratar de um médico e nem possuir poder de negociação com os colegas.Após mais de três horas de discussão, os médicos votaram várias propostas que foram da unificação das reivindicações junto as sociedades de especialidades ao descredenciamento, e ainda um dia de atendimento aos planos de saúde nos consultórios e o restante para consultas particulares. Por fim, foi decidido que os médicos continuam com o movimento, sem atender a nenhum plano de saúde. A categoria espera que esta semana possam avançar as negociações com a Marinha, Fusex, Grupo Unidas, Saúde Bradesco, Sul América e Unimed, todas sinalizaram interesse em fechar um acordo, mas nada formal.

Também ficou acordado que será criada uma comissão de negociação com a Unimed formada por Lano Macedo, Rogério Lima e Leonardo Simão. A última proposta informal da Unimed era oferecer R$ 50, por consulta, e uma nova negociação seria realizada em novembro com o objetivo de elevar esse valor para R$ 80.

"A Unimed decidiu pagar R$ 50 por consulta, e melhorar honorários em função da pressão imposta pelo Simeam e e pela direção da Unimed. Pela ação do Sindicato mostramos também que os médicos estavam sobrecarregados pelos pesados descontos para atender ao aporte financeiro da ANS, e assim, a Unimed decidiu reduzir o desconto de 23% para somente 7% a partir de agora", explicou Mario Vianna.

O presidente do Simeam disse ainda que, o que falta agora, é direção da Unimed assumir esse compromisso publicamente, e participar os cooperados sobre a situação da intervenção fiscal, além de aplicar medidas austeras na administração, reduzindo custos e diminuindo cargos comissionados. "Essa multiplicidade de cargos no sistema Unimed privilegia alguns poucos, com o suor de muitos".

Já Heldemar Ferreira vai elaborar uma carta para os cooperados e chamá-los para discutir a situação da Unimed.

Na próxima terça-feira, 26 de julho, às 19h30, será realizada uma nova assembleia para discutir o movimento na sede do Conselho Regional de Medicina (Cremam).
Fonte : SIMEAM



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 782 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)