Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Simepe e Cremepe divulgam balanço geral da Caravana 2011



31/08/2011
A sétima edição da Caravana do Cremepe/Simepe percorreu os 52 municípios do Sertão pernambucano, entre 22 e 26 de agosto, e constatou a precariedade de vida da população do interior do estado. Foi essa a conclusão dos caravaneiros. O balanço geral da Caravana, divulgado na última segunda-feira (29/08) pelo Conselho Regional de Medicina e Sindicato dos Médicos de Pernambuco, mostra essa realidade.

Cerca de 9 mil pessoas foram questionadas acerca da qualidade de vida nos municípios e a média das respostas foi 5,4 – em uma escala de zero a dez. Os 40 integrantes da Caravana encontraram hospitais, PSFs e postos de saúde precários, falta de água e coleta de lixo, estradas ruins, violência e o uso disseminado de drogas.

A falta de estrutura ficou evidente, mais uma vez. "As estradas são de péssima qualidade e nós tivemos muita dificuldade de acesso", afirmou a presidente do Cremepe, Helena Carneiro Leão. "Alguma equipes, inclusive, tiveram de mudar de carro devido a problemas mecânicos causados pelos buracos. Isso torna o transporte de pacientes muito difícil e sofrido", ressaltou.

Para a diretora de Políticas Públicas do Simepe, Rafaela Pacheco, "o que chama mais atenção é a ociosidade dos serviços municipais de saúde. Faltam médicos e uma política pública que garanta uma carreira SUS e que estimule a fixação desses profissionais nos municípios mais afastados."

"Apesar de ficar só meio expediente em cada cidade, a Caravana causa uma grande repercussão. Não temos a pretensão de mudar a realidade, mas o fato dela causar uma mobilização naquela localidade e os desdobramentos dela já faz com a Caravana cumpra seu papel", concluiu o coordenador da iniciativa, Ricardo Paiva.

Todos os dados coletados pelos caravaneiros farão parte de um relatório, que está sendo feito e será disponibilizado aos cidadãos, bem como aos gestores públicos.

A sétima edição da Caravana percorreu todo o interior do estado e, nesse perfil, chegou ao fim. A partir de 2012, ela percorrerá comunidades carentes do Recife e coletará informações da população.

Fonte : Simepe/ Cremepe



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 750 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)