Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

RR: entidades negociam revogação das demissões dos profissionais da ESF


Foto: CRM-RR
RR: entidades negociam revogação das demissões dos profissionais da ESF
“Nossa preocupação é com a falta de assistência à cerca de 17 mil famílias que estão expostas, sem atendimento, e com o desemprego, sem motivo aparente ou justo, de 300 profissionais que pertencem às equipes desassistidas,” lamentou o presidente do Sindicato dos Médicos de Roraima.


01/09/2011
As negociações para o impasse criado com a demissão sumária de cerca de 300 profissionais das equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), incluindo médicos, enfermeiros, agentes de saúde, na semana anterior no estado de Roraima avançaram segundo o presidente do Sindicato dos Médicos do Estado, Wilson Franco. Na noite da última quarta feira (31), uma reunião entre os representantes do Sindicato dos Médicos do Estado de Roraima, com a Secretária de Administração, Vera Regina, e membros do corpo jurídico do Governo Municipal, discutiu os impactos que as demissões têm causado no atendimento da população nos postos de Saúde da Família.
 
Segundo o presidente do Sindicato dos Médicos de Roraima, a capital roraimense reúne cerca de 62% da população do estado e mesmo as pessoas de outros municípios costumam buscar atendimento nos postos de saúde de Boa Vista. "Nossa preocupação é com a falta de assistência à cerca de 17 mil famílias que estão expostas, sem atendimento, e com o desemprego, sem motivo aparente ou justo, de 300 profissionais que pertencem às equipes desassistidas," lamentou o sindicalista.

O líder sindical alertou ainda que a decisão do fechamento dos postos de saúde familiar veio na contramão dos procedimentos recomendados  pela portaria nº25 do Ministério da Saúde, que considera a importância da Saúde Familiar e valoriza esse tipo de atendimento. "No momento, há uma expectativa quanto à revogação das demissões e um reajuste de aumento de R$ 6 mil para R$ 14 mil como pagamento, por equipe." As reivindicações estão sendo traçadas em conjunto pelo Sindicato dos Médicos de Roraima, Conselho Regional de Medicina e Associação Médica do estado.
 
Ao final da reunião os representantes da prefeitura solicitaram um prazo até a próxima segunda feira, para darem uma resposta concreta, mas adiantaram que a vice-prefeita, Sueli Campos, visitou os postos da periferia da capital e considerou que realmente a situação é calamitosa.  

Mobilização

Com faixas, apitos, bandeiras e trajando jalecos brancos, vários representantes de entidades médicas, profissionais de diversos segmentos da área da Saúde se manifestaram em relação às demissões que ocorreram na Secretária Municipal de Saúde do Município de Boa Vista. A manifestação ocorreu na última terça-feira (30) em frente à Câmara Municipal de Boa Vista.
Fonte : Maria Aparecida Torneiros e Taciana Giesel



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1073 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)