Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

SP: otorrinos iniciam paralisação nesta quinta-feira


Foto: Divulgação/Internet
SP: otorrinos iniciam paralisação nesta quinta-feira
Depois dos ginecologistas e dos dermatologistas, nesta quinta-feira, 8 de setembro, será a vez dos otorrinos suspenderem o atendimento aos planos de saúde


08/09/2011
Depois dos ginecologistas e dos dermatologistas, nesta quinta-feira, 8 de setembro, será a vez dos otorrinos suspenderem o atendimento aos planos de saúde que ainda não negociaram com a Comissão Estadual de Mobilização Médica para a Saúde Suplementar.

A suspensão teve início na última quinta-feira e envolve os planos Ameplan, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Intermédica, Notredame e Volkswagen. Outras empresas poderão ser incluídas na lista da paralisação do atendimento, uma vez que algumas chegaram a apresentar propostas, porém insuficientes. Para elas, foi dado um novo prazo de até 30 dias para prosseguirem nas negociações, se não o fizerem, seguramente estarão na lista de rodízio, que continuará a partir de 1° de outubro até que se firmem acordos satisfatórios. “Tomamos essa posição para que não fôssemos interpretados como intransigentes e insensíveis a eventuais propostas de prosseguimento das negociações, entretanto o limite se aproxima da sua exaustão”, avalia o presidente do Simesp, Cid Carvalhaes.

O Movimento Médico é formado pelo Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), Associação Paulista de Medicina (APM), Academia de Medicina de São Paulo, sociedades de especialidades médicas e outros sindicatos do estado.

A categoria reivindica consulta no valor de R$ 80,00; adoção da CBHPM; critérios de admissão e demissão de médicos (credenciamento e descredenciamento); reajuste anual dos honorários cujo percentual será definido regionalmente; lista referencial de médicos proporcional ao número de pacientes das operadoras e reposição dos honorários defasados em 10 anos.

Cronograma de paralisação

1 a 3 de setembro - Ginecologia e Obstetrícia
3 a 6 de setembro – Dermatologia
8 a 10 de setembro - Otorrinolaringologia
14 a 16 de setembro – Pediatria
16 a 19 de setembro - Cardiologistas
19 e 20 de setembro - Ortopedia e traumatologia
21 a 23 de setembro - Pneumologia e tisiologia
28 a 30 de setembro - Cirurgia Plástica

Anestesiologistas paralisarão o atendimento concomitantemente às especialidades citadas acima.
Fonte : Simesp



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 610 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)