Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

CE: sindicato divulga carta aberta aos médicos de Fortaleza



05/10/2011
O Sindicato dos Médicos do Ceará divulgou nesta quarta-feira, 5, carta aberta aos médicos de Fortaleza, na qual relata as dificuldades da categoria no sentido de que os acordos feitos com a prefeitura da capital sejam cumpridos.

No documento, a diretoria da entidade afirma que o Simec e os médicos que representam os profissionais que trabalham na prefeitura vêm negociando há cinco meses reivindicações que incluem melhor remuneração e condições de trabalho adequadas ao bom desempenho da medicina na atenção básica e nos hospitais, entre outras. No entanto, segundo a diretoria do sindicato, apesar de o executivo municipal ter feito os acordos com a categoria, nenhum deles foi cumprido até o momento.

Para discutir esse assunto, o Simec está convocando os médicos da Prefeitura de Fortaleza para uma assembleia que será realizada nesta quinta-feira, a partir das 19h, na sede do Conselho Regional de Medicina (Cremec), rua Floriano Peixoto, 2021.

Abaixo, a carta na íntegra

Há cinco meses, o Sindicato dos Médicos do Ceará e um grupo de médicos do município de Fortaleza vêm negociando com a prefeitura a questão da remuneração e das condições de trabalho na atenção básica e nos hospitais. Realizamos várias assembleias e tivemos também várias reuniões com a prefeitura na Secretaria de Administração. Fechamos vários acordos e todas as 18 reivindicações foram aceitas e até hoje nada de cumprimento dos devidos acordos, nem no que se refere à remuneração e nem às questões relacionadas às condições de trabalho.

Durante todo esse tempo, os médicos foram desrespeitados e enganados. Acho que chegou a hora de reagirmos, vamos à luta, pois não dá mais para continuar como está. A quantidade de médicos é insuficiente e não tem como responder pela demanda que é enorme. Têm dias que apenas um profissional médico fica respondendo por todo o hospital de emergência, quando deveria ter de 8 a 10. A atenção básica vive momentos difíceis e os hospitais estão totalmente sucateados. O caos na saúde do município de Fortaleza coloca em risco não só o nosso trabalho, como também a nossa integridade física, várias agressões vêm ocorrendo nas nossas emergências. Os nossos pacientes estão morrendo e nada podemos fazer. Quando não morrem têm seus quadros agravados pela ineficiência do sistema. Para se transferir um paciente grave para outro hospital se passa horas ligando para Deus e o mundo. É muito difícil trabalhar assim e sem contar com um salário digno. Gratificações atrasadas não são pagas.

Temos de reagir e não aceitar o que o município de Fortaleza tem feito com seus médicos. É humilhante. O último acordo, que não foi cumprido, foi a promessa de pagar gratificações atrasadas há um, dois ou mais anos a um grupo de médicos. O pagamento foi prometido para o dia 22 de setembro e nada. A revolta dos colegas é justificada. Vamos todos à assembleia geral na quinta-feira, dia 6 de outubro, no auditório do Conselho Regional de Medicina. Vamos colocar para a sociedade que ela está sendo enganada em relação à saúde e que a população pobre que depende do SUS corre um sério risco em caso de necessidade dos serviços de saúde municipal. Chegamos ao fundo do poço.

Tentamos, várias vezes, ser recebidos pela nova secretária de Saúde, Ana Maria Fontenele, e ela não dá nenhuma satisfação e nem nos recebe. Um escândalo moral vem acontecendo em um hospital do município e nós, que trabalhamos honestamente e tudo temos feito para atender bem os nossos pacientes, recebemos como resposta muita enrolação.

BASTA DE TANTO DESRESPEITO. A NOSSA DIGNIDADE ESTÁ EM JOGO.

Não falte a assembleia e nos ajude a divulgá-la. Use o telefone, passe mensagem pelo celular, converse com os colegas de trabalho e vamos dar um basta a tanta irresponsabilidade. Queremos trabalhar com dignidade!

José Maria Pontes, presidente do SIMEC.

Fonte : SIMEC



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1004 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)