Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar




Palavras-chave

SC: médicos paralisam atividades a partir de 1º de janeiro em Lages



23/11/2011
Cansados de negociar com as secretarias estadual e municipal de Saúde, os médicos plantonistas do hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages decidiram paralisar as atividades, por tempo indeterminado, a partir do dia 1º de janeiro de 2012. A decisão foi tomada na segunda-feira (21/11) em assembleia realizada pela Regional Lages do Sindicato dos Médicos do Estado de Santa Catarina (SIMESC).


De acordo com o presidente da Regional Lages do SIMESC, Fernado Pagliosa, a categoria está empenhada na luta pelos justos direitos do trabalho médico. "Não é de hoje que temos problemas com o hospital Nossa Senhora dos Prazeres. Estamos tentando negociar, mas não há avanços. Caso a proposta não seja integralmente atendida, teremos que tomar esta medida radical", afirma Pagliosa.


Os médicos negociam melhores condições de trabalho, aumento de duas especialidades de sobreaviso (nefrologia e pneumologia), definição de um índice de reajuste oficial anual, melhoria das condições físicas, de equipamentos e de materiais para o atendimento no serviço de emergência e reajuste de valores na hora plantão. O profissional que recebe hoje R$ 60 a hora plantão receberia R$ 80. Um terço desse valor seria pago aos profissionais médicos no sobreaviso.
Fonte : SIMESC



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 767 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)