Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Waldir Cardoso toma posse para representar Pará no Conselho Federal de Medicina


Foto: Márcio Arruda
Waldir Cardoso toma posse para representar Pará no Conselho Federal de Medicina
O estado do Pará passa a ser representado no CFM pelo cardiologista e conselheiro Waldir Cardoso (à esquerda)


07/12/2011
O estado do Pará está representado no Conselho Federal de Medicina (CFM) pelo sindicalista, Waldir Cardoso. A cerimônia de posse foi realizada nesta quarta-feira (7), em Brasília. Atualmente, Waldir Cardoso, é secretário de Comunicação da Federação Nacional dos Médicos. Segundo ele, sua representatividade no CFM aprofundará o elo existente entre as duas entidades, fortalecendo o movimento médico.

"Espero contribuir para que nossas entidades estejam sempre irmanadas na luta da perspectiva de trabalho conjunto em defesa da ética no exercício da medicina e pelo Sistema de Saúde de qualidade para todos os brasileiros." destacou.

Cardoso tem pós-graduação lato sensu em fisiologia do exercício e administração hospitalar e de sistemas de saúde. Participa desde 1988 de movimentos médicos sindicais. Tem um histórico de luta em defesa da saúde de qualidade para todos e, em 1990, propôs a criação da Plenária de Saúde, fórum que congregava entidades da sociedade civil interessadas na luta por uma atenção à saúde digna para todos os paraenses e brasileiros.

Homenagem

Waldir Cardoso tomou posse em detrimento da lamentável morte do médico Antônio Gonçalves Pinheiro, vítima de aneurisma de artéria pulmonar em outubro deste ano.

"Afirmo que será impossível substituí-lo pela qualidade e representatividade dele no movimento médico. Quero dedicar a ele todo o trabalho que vou desenvolver, pois a ele devo a honra de representar os médicos do Pará no Conselho Federal de Medicina," destacou.

Em uma sessão plenária do CFM realizada na manhã desta quarta-feira (7) para homenagear o médico, familiares, conselheiros, funcionários do CFM e amigos estiveram presentes para manifestar sua admiração e respeito pelo cirurgião. A data foi escolhida por também representar o dia do cirurgião plástico, especialidade de Pinheiro. Familiares, conselheiros, funcionários do CFM e amigos estiveram presentes para manifestar sua admiração e respeito pelo cirurgião.

"Faltam-me palavras para descrever o que foi meu pai. Não me recordo de nenhuma conversa que tivemos com ele que não falasse da Medicina ou do CFM. É muito bom ver que a dedicação que ele teve tem gerado um reconhecimento e exemplo a ser seguido", declarou o filho Osório Pinheiro.

O presidente do CFM, Roberto d’Avila, conduziu a homenagem afirmando que Pinheiro é um exemplo de ética. "Deixando o nome dele gravado nas paredes deste Conselho, é uma das maneirar que eternizamos o exemplo de ética médica de Pinheiro que foi um atuante e veemente defensor da medicina".

A esposa de esposa, Jorgina Maria Bichara Pinheiro e os outros dois filhos Ricardo e Antônio Pinheiro Filho , também acompanharam a homenagem.

Pinheiro era cirurgião plástico no Pará, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e ex-presidente do Conselho Regional de Medicina do Pará (CRM-PA), onde integrava o corpo de conselheiros. As cinzas do respeitado médico e conselheiro, de 61 anos, foram lançadas no encontro dos rios Itacaiúnas e Tocantins, como era seu desejo.
Fonte : com informações do CFM



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 968 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)