Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Florianópolis: médicos suspenderão atividades dia 7


Foto: Divulgação Internet
Florianópolis: médicos suspenderão atividades dia 7
Médicos se unem contra descontos ilegais nos salários.


29/02/2012
Médicos da secretaria municipal de Saúde de Florianópolis confirmam nova suspensão de atendimentos nos mais de 50 postos de saúde no dia 7 de março (quarta-feira). As agendas serão fechadas no período da tarde para que os profissionais realizem mobilização a partir das 15h30 em frente à prefeitura, onde será realizada mais uma rodada de negociações com os secretários municipais a respeito da suspensão ilegal do desconto na gratificação do Programa de Saúde da Família (PSF) e reajuste na mesma gratificação. Serão mantidos somente os atendimentos nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) norte e sul.

Em reunião no dia 23 de fevereiro entre representantes dos médicos e os secretários municipais de Governo, de Planejamento, de Administração e Saúde, foi proposta a criação de uma comissão para avaliar a forma de alterar a redação do decreto 441/98, que mal interpretado, está gerando o desconto ilegal na remuneração dos médicos. O secretário Geral do Sindicato dos Médicos (SIMESC), César Ferraresi e o diretor clínico da secretaria municipal de Saúde, Renato Figueiredo serão os representantes dos médicos. A comissão será formada ainda por representantes das secretarias de Planejamento, de Administração e de Saúde. A reunião da comissão está confirmada para sexta-feira, 2 de março.

Sobre o reajuste que havia sido garantido pela secretaria municipal de Saúde – 15% sobre a gratificação do PSF, a resposta dada pelos representantes da prefeitura é de que primeiro será feita a análise do impacto financeiro da data base dos servidores públicos municipais para em seguida ser avaliada a possibilidade de reajuste aos médicos.

Após a mobilização em frente à prefeitura, os médicos realizam assembleia às 18h30 no hotel Floph.

Agenda

A comissão de mobilização dos médicos da prefeitura organizou na segunda-feira uma agenda de atividades que inclui participação na reunião do Conselho Superior das Entidades Médicas (COSEMESC) na noite desta quarta-feira (29/02), ida à Câmara de Vereadores (data e horário a confirmar) e também visitas às unidades de saúde da rede municipal.

Carta à população de Florianópolis

Abaixo, a carta à população de Florianópolis que será distribuída nos centros de saúde da rede municipal a partir desta quarta-feira:

“CARTA À POPULAÇÃO DE FLORIANÓPOLIS

O SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS (CENTROS DE SAÚDE, POLICLINICAS, UNIDADES DE PRONTO ATENDIMENTO E CENTROS DE APOIO PSICO-SOCIAIS) ENFRENTA UM GRAVE PROBLEMA: A FALTA DE MÉDICOS NAS SUAS UNIDADES DE SAÚDE. ISTO ACONTECE PORQUE OS MÉDICOS ESTÃO PEDINDO DEMISSÃO.

E POR QUE ISTO ESTÁ ACONTECENDO?

PORQUE ESTÃO OCORRENDO DESCONTOS ILEGAIS EM NOSSOS SALÁRIOS E VÁRIOS MUNICÍPIOS ESTÃO OFERECENDO REMUNERAÇÃO MAIS ATRATIVA. ESTA SITUAÇÃO GERA SOBRECARGA PARA OS MÉDICOS QUE PERMANECEM, GERANDO NOVOS PEDIDOS DE DEMISSÃO OU O ADOECIMENTO DESTES PROFISSIONAIS.

EM UM ANO E MEIO MAIS DE 100 MÉDICOS PEDIRAM DEMISSÃO DA PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS

EM SETE MESES A PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS REALIZOU SEIS PROCESSOS SELETIVOS PARA CONTRATAÇÃO DE MÉDICOS. MESMO ASSIM O PROBLEMA NÃO FOI SOLUCIONADO.

TUDO ISTO GERA: NÚMERO DE MÉDICOS INSUFICIENTES; FALTA DE VAGAS PARA CONSULTAS MÉDICAS NOS CENTROS DE SAÚDE, DEMORA NO ATENDIMENTO NAS UNIDADES DE PRONTO ATENDIMENTO E LONGA ESPERA POR UMA CONSULTA COM UM MÉDICO ESPECIALISTA.

OUTRO FATO IMPORTANTE: A QUEBRA DO VÍNCULO DOS MÉDICOS COM SEUS PACIENTES.

ESSE É O SUS QUE NÓS QUEREMOS? COM CERTEZA NÃO!

NÓS MÉDICOS LUTAMOS POR MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO E REMUNERAÇÃO DIGNA E ATRATIVA QUE POSSAM PARAR O PROCESSO DE DEMISSÕES. QUEREMOS SAÚDE DE MELHOR QUALIDADE PARA A POPULAÇÃO DA CAPITAL CATARINENSE.

FLORIANÓPOLIS CONQUISTOU TÍTULOS DE MELHOR CAPITAL DO BRASIL, DE CAPITAL DO MERCOSUL E DE MELHOR DESTINO TURISTICO DO BRASIL. ESTA MESMA CIDADE PRECISA RECONHECER O VALOR DE SEUS SERVIDORES MUNICIPAIS E OFERECER UMA SAÚDE DIGNA PARA TODOS CIDADÃOS.

FAÇA PARTE DESTA CONQUISTA!

MANIFESTE O SEU APOIO PELOS TELEFONES:

OUVIDOR DO SUS : 0800 611 997 OUVIDOR SES/SC : 0800 482 800 PRÓ CIDADÃO P.M.F. : 3251 6400 SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE : 3239 1500 PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS : 3251 6066
Fonte : SIMESC



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1242 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)