Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

PA: médicos recolhem assinaturas para projeto de iniciativa popular



27/03/2012
O Sindmepa participou com cinco diretores, no último domingo (25) de atividade de coleta de assinaturas para o projeto de lei de iniciativa popular que obriga o governo federal a destinar 10% da receita bruta corrente da União para a saúde. Na campanha de domingo, na praça da República, foram feitos esclarecimentos e sensibilização da população para a necessidade da assinatura do projeto de lei que visa melhorar a saúde pública no Brasil.

No próximo domingo, os médicos voltam à praça com material de divulgação da campanha e para continuar a coleta de assinaturas para o projeto. Quem concordar com a lei e quiser assinar o abaixo-assinado deve levar o título de eleitor para a praça ou o número, seção e zona em que está inscrito.

O projeto de lei de iniciativa popular foi lançado no dia 3 de fevereiro quando do lançamento da Frente nacional por mais recursos para a saúde. Em Belém, foi lançado no dia 28 de fevereiro em evento na OAB/Pará, com a presença do presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante Júnior, do presidente da Associação Médica Brasileira, Florentino Cardoso, entre outros. As entidades precisam recolher 1,5 milhão de assinaturas para dar entrada no projeto.
Fonte : Sindmepa



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 758 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)