Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Instalada Comissão mista sobre a MP 568/2012


Foto: Cremerj
Instalada Comissão mista sobre a MP 568/2012
Jandira Feghali pediu que representantes da categoria médica fossem incluídos na audiência pública.


24/05/2012
Uma Comissão Mista no Senado Federal, que vai analisar a medida provisória 568/2012, que reduz os salários dos médicos em 50%, foi instalada nessa terça, 22.

A senadora Ana Amélia (PP-RS) pediu audiência pública com a presença da Ministra do Planejamento Orçamento e gestão, Miriam Belchior.

Jandira Feghali subscreveu o requerimento da senadora, e pediu que representantes do Conselho Federal de Medicina fossem incluídos na audiência pública.

A comissão terá como presidente, o deputado Cláudio Puty (PT-PA), vice-presidente, senador Aníbal Diniz (PT-AC), relator, senador Eduardo Braga (PMDB-AM),revisor, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR).

Entenda o caso

Editada em 14 de maio, a MP 568/2012 beneficia várias categorias, mas penaliza drasticamente os médicos. A medida revoga a Lei 9.436 de 1997, que estabelece a jornada de 20 horas para os médicos, que, se optarem pela jornada de 40 horas, considera-se como dois cargos de 20 horas.

Com a revogação, e a adoção de uma tabela de 40 horas com os valores da tabela de 20 horas, hoje em vigor, os médicos servidores federais terão seus salários reduzidos em 50%.

Como a redução é inconstitucional, a medida provisória cria a Vantagem Pessoal Nominalmente Identificada (VPNI), uma compensação que corresponde à diferença entre os salários anteriores e a nova tabela. No entanto, a VPNI terá um valor fixo, e dele será descontado reajustes regulares e adicionais de progressão, afetando inclusive aposentados e pensionistas.

Para evitar tal retrocesso, Jandira Feghali, apresentou 31 emendas à Medida Provisória 568/2012. Uma das emendas visa suprimir a revogação da Lei 9.436.

"Nossa luta é pela aprovação das emendas e impedir essa redução que não se corrige por meio de uma vantagem pessoal de caráter transitório, conforme instituído por esta medida provisória", disse Jandira.

Confira a MP 568/2012 e as emendas apresentadas na comissão.

Fonte : Cremerj



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 2420 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)