Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

RS: sindicato entrega proposta de carreira médica estadual a governador



28/05/2012
O presidente do Sindicato Médico do RS (SIMERS), Paulo de Argollo Mendes, entregou ao governador Tarso Genro a proposta de criação da carreira médica estadual. A medida é apontada como solução para conseguir preencher vagas de médicos do SUS no Interior. O governador recebeu o projeto do SIMERS durante agenda em Cruz Alta, na última sexta (25). No encontro, Argollo aproveitou para agradecer a Tarso envio do Projeto de Lei à Assembleia Legislativa que autoriza cedência de objetos e documentos relacionados à história médica gaúcha ao museue Medicina mantido pelo Sindicato.

O presidente do Sindicato espera que a análise pelo governo da carreira estadual, que segue o modelo já aplicado a promotores e juízes, avance na implementação do quadro. "Hoje (sexta) é um marco na luta pela interiorização dos médicos. O mecanismo certamente terá êxito para fixar os especialistas ao valorizar a formação e o envolvimento nas localidades. Remuneração adequada e até contrato por metas estão contemplados no projeto", destaca Argollo.

O dirigente informou que Tarso prometeu encaminhar a proposta à apreciação de seus assessores. O presidente do SIMERS lembrou ainda que os contratados serão alocados nas regiões em que há carência, sem depender das políticas de cada município. "Hoje há claras limitações para prefeitos conseguirem contratar, uma delas é a remuneração. Neste novo modelo, é o Estado que fará a gestão", citou. Entre os resultados, também estará o da estabilidade, acabando a insegurança sobre garantia da assistência a cada troca de administrador.

Hoje os contratos sem concurso, com duração limitada e demissão dos médicos, e salários aviltantes estão entre as maiores causas do desestímulo para especialistas buscarem o Interior. Não faltam médicos no RS, já que a relação é de dois profissionais para cada mil habitantes (o Ministério da Saúde preconiza um a cada mil pessoas), mas a dificuldade está em fixá-los no SUS. O projeto da carreira estadual já havia sido entregue por Argollo ao secretário estadual da Saúde, Ciro Simoni, em 2011.

HISTÓRIA DA MEDICINA

Tarso Genro remeteu ao Legislativo um PL que permite que instituições ligadas ao Estado cedam ao Museu de História da Medicina do RS (MUHM), que pertence ao SIMERS, documentos e objetos ligados à trajetória do setor. O deputado estadual Pedro Westphalen é o autor da proposta, que foi assumida pelo governador. "Esperamos que os deputados acolham o PL. O MUHM catalogará e preservará os materiais, deixando disponível ao público, desde pesquisadores, estudantes, comunidade e a própria categoria. "O deputado Pedro Westphalen é o pai da proposta", ressaltou o dirigente médico.
Fonte : SIMERS



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1027 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)