Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Nota de repúdio: desde novembro governo de São Paulo não negocia PCCS


Foto: Simesp
Nota de repúdio: desde novembro governo de São Paulo não negocia PCCS
A última mesa de negociação aconteceu em novembro de 2011.


05/06/2012
A diretoria do Sindicato dos Médicos de São Paulo repudia a interrupção unilateral, por parte do governo do Estado de São Paulo, das negociações envolvendo o Plano de Cargos Carreira e Salário (PCCS) dos médicos servidores. A última mesa de negociação aconteceu, pasme, dia 11 de novembro do ano passado, depois disso só o silêncio.

A Secretaria Estadual da Saúde, na pessoa do dr. Giovanni Guido Cerri, se comprometeu a enviar Projeto de Lei correspondente à Assembleia Legislativa de São Paulo ainda no segundo semestre do ano passado, o que não aconteceu. O prazo foi prorrogado para fevereiro de 2012, depois para maio e agora para o mês de agosto.

O Simesp entende que PCCS e piso salarial adequado são fundamentais para a permanência do médico dentro do sistema público de saúde. Várias solicitações de audiência foram feitas para continuar discutindo o tema com o secretário de Estado, porém não houve resposta. O Sindicato permanece aguardando posicionamento do governo frente a tal demanda e continuará trabalhando junto aos médicos servidores do Estado para aumentar a mobilização em prol de melhorias das condições de trabalho e salário da categoria.
Fonte : SIMESP



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1068 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)