Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

BA: assembleia define rumos da luta dos médicos da Sesab



18/06/2012
Passava das 23h quando a assembleia dos médicos do Estado, na última quarta-feira (13), definiu o encaminhamento que dará à proposta apresentada pela Sesab que, na avaliação geral está ainda aquém das necessidades da categoria. O movimento médico baiano reiterou as propostas apresentadas desde o início das negociações: incorporação da GID máxima aos salários de todos os médicos; adicional para os plantonistas de 12 horas (no valor de 50% do que foi estabelecido para os plantões de 24 horas); PCCV específico para os médicos.

A proposta do Governo prevê a elevação da remuneração da categoria através da soma do salário-base à GID - mas não a máxima -, transformando isso no que chamam de "subsídio". Também concordam com um Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV) exclusivo para a carreira médica, e propõem a instalação imediata de um grupo de trabalho paritário para a elaboração deste plano. Aceitam também o adicional para os plantonistas de 24 horas, no patamar reivindicado pelas entidades médicas, de R$800 para os dias de semana e R$1.000 para finais de semana.

As entidades médicas - Sindimed, Cremeb e ABM -, consideram que a proposta precisará ainda evoluir muito para atender o conjunto dos médicos e, nesse sentido, a categoria permanece mobilizada. Assim, a assembleia aprovou a realização de assembleias mensais que darão acompanhamento às discussões nas mesas de negociação, para a construção do PCCV específico. A próxima assembleia está marcada para o dia 17 de julho.

Outra definição importante da assembleia foi o estabelecimento do prazo máximo de 6 meses para a elaboração, apresentação e aprovação do PCCV, no sentido de estabelecer o quanto antes a estrutura necessária para a definição de uma carreira satisfatória.

Até que esses objetivos sejam alcançados, a mobilização das médicas e médicos baianos continua e o Sindimed não medirá esforços para isso, podendo inclusive se retirar das negociações caso esta não evolua a contento.
Fonte : Sindicato dos Médicos da Bahia



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 962 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)