Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

BA: acordo prevê elaboração de PCCV em até seis meses



26/06/2012
No último dia 22, em reunião na Secretaria de Saúde da Bahia (SESAB), o Sindicato dos Médicos do Estado, com o apoio da ABM e do Cremeb assinou com o governo do Estado da Bahia um acordo que prevê a elaboração de um novo PCCV específico para os médicos, tendo um prazo máximo de conclusão de 180 dias. O plano será construído por uma comissão paritária composta por representantes dos médicos e do governo.

Ficou ainda acordado a implantação, a partir de 01 de julho, de uma gratificação emergencial para os plantonistas de 24h (um plantão de 24h ou dois plantões de 12h), nos valores de R$ 800 para os plantões de segunda, 7h à sexta-feira, às 19h, e de R$ 1.000 para os plantões de final de semana a partir de sexta-feira, às 19h.

O governo não entrou em acordo referente à gratificação dos plantonistas de 12h e os médicos de ambulatório, aposentados e municipalizados alegando que estes serão beneficiados na implantação do PCCV, em 2013.

A elaboração do novo PCCV específico para os médicos, apesar de salutar, está aquém das reivindicações dos médicos que almejam ganhos imediatos para todos. Entretanto, na última assembleia do dia 13, os médicos optaram em aceitar os termos propostos pelo governo.

O distensionamento, contudo, é relativo uma vez que as entidades médicas vão cobrar que o PCCV contemple ganhos para toda a categoria. Além disso, os médicos poderão acompanhar e opinar sobre a evolução do plano através dos meios de comunicação das entidades e das assembleias previstas para ter periodicidade mensal, a próxima no dia 17 de julho.

Ao final dos seis meses ou na conclusão do texto do PCCV, o que ocorrer antes, está prevista a assinatura de um novo acordo para aprovar o plano. Este segundo acordo estará condicionado à apreciação do texto final do PCCV pelos médicos em assembleia. Caso a categoria não se sinta contemplada ao final desse processo, o sindicato intensificará a mobilização com possibilidade de retomar as paralisações.
Fonte : Sindimed Ba



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 857 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)