Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

AM: Secretaria de Saúde apresenta situação do atendimento na rede pública



14/08/2012
Convidada pelo presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam), Dr. Mario Vianna, a Secretaria de Estado da Saúde (Susam), participou no dia 04 de agosto, no hotel de selva Amazon Jungle Palace do II Fórum de Cooperativas/Empresas de Especialidades Médicas do Amazonas. A falta de acompanhamento na atenção primária foi apontada como uma das principais causas da lotação das unidades de urgência e emergência.

Durante o fórum o secretário da Susam, Dr. Wilson Alecrim, falou sobre a organização dos serviços de urgência e rotina nos hospitais públicos, destacando que parte do atendimento nas unidades de urgência e emergência está relacionada a doenças crônicas que não são acompanhadas pela atenção primária. "Precisamos estabelecer situações que busquem vínculos dos usuários com as redes de atenção à saúde através da orientação", disse.

De acordo com Wilson Alecrim o atendimento na urgência é considerado bom, porém existe um atendimento inadequado na pós-urgência, que deverá ser amenizado com abertura de cinquenta e nove leitos novos de Unidade de Terapia Intensiva, sendo dez no Hospital e Pronto Socorro da Criança, zona leste, dez no Hospital Universitário Francisca Mendes, onze na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas, onze no Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lucio Pereira Machado e dezessete no Instituto da Criança do Amazonas.

Para Alecrim o programa de Atenção Domiciliar, conjunto de ações de saúde prestadas no domicílio, também vai contribuir com o atendimento da pós-urgência, pois reduz os custos da atenção, diminui os riscos de infecção, utiliza racionalmente os leitos e recursos hospitalares e estimula a relação profissional de saúde com o paciente.

Wilson Alecrim afirmou que as respostas às necessidades dos usuários geralmente não são obtidas a partir de um primeiro ou único contato com o sistema de saúde. "Defendemos contatos sequenciais, com diferentes serviços e unidades e ainda a monitorização do trajeto de uns aos outros".

Oito unidades de Serviço de Pronto Atendimento (SPA) serão transformadas em Unidade de Pronto Atendimento (UPA), para adequação a política nacional e será construída mais três UPAs sendo uma em Itacoatiara.
Fonte : SIMEAM



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 680 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)