Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

DF: sindicato na luta para evitar a fusão dos grupos Santa Lúcia e D’Or São Luiz



18/09/2012
O SindMédico-DF realizou assembleia com os sindicalizados, foi ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e ao Congresso Nacional para evitar a fusão dos grupos Santa Lúcia e D’Or São Luiz. Esse esforço obteve dois êxitos nesta semana: primeiro a requisição de audiência pública para discutir a questão no Senado e culminou com a proposição de ação cautelar contra a operação feita pela procuradoria-geral do Conselho. A posição da entidade foi divulgada em nota à imprensa, como publicado no Jornal de Brasília deste sete de setembro.

No dia 21 de agosto, depois de protocolar pedido de impugnação da fusão, o presidente do SindMédico-DF, Gutemberg Fialho, esteve com o presidente do Conselho, Vinícius Marques de Carvalho, e com o conselheiro Ricardo Machado Ruiz, relator do processo em que se analisa o ato de concentração que a fusão das duas redes representaria e expôs as preocupações da classe médica com a concentração de 90% dos leitos hospitalares do DF nas mãos de um mesmo grupo, que tem como um dos maiores acionistas o banco BTG Pactual. A medida cautelar proposta pela procuradoria-geral antecipa a previsão de realização de um Acordo de Preservação de Reversibilidade da Operação (Apro) e, o que o Sindicato espera, a invalidação da operação.

"Nós, médicos, nos preocupamos tanto com a concentração dos leitos hospitalares no que se refere ao serviço do profissional de saúde, quanto no tipo de assistência que seria oferecido à população. A perspectiva seria de mercantilização da saúde", enfatiza Gutemberg Fialho.

Na semana seguinte à audiência no Cade, Gutemberg Fialho esteve com o senador Vital do Rego (PMDB/PB) para obter dele o apoio à proposta de realização de uma audiência pública para que o assunto das fusões entre empresas de saúde, em especial nesse caso em Brasília, seja discutido também dentro do Congresso nacional.

Em pronunciamento feito na terça-feira, dia 4, Vital do Rego apresentou uma proposta de representação da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) ao Cade e requereu audiência pública. Em referência à participação no banco BTG Pactual no corpo acionista do Grupo D’Or, Vital disse que é importante questionar o monopólio numa área como a saúde, especialmente quando os bancos têm "no lucro, e apenas no lucro", a atividade primordial.
Fonte : Sinmédico/DF



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 842 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)