Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Médicos do Estado: pressão das entidades médicas resulta em plano de carreira em São Paulo


Foto: SIMESP
Médicos do Estado: pressão das entidades médicas resulta em plano de carreira em São Paulo
A previsão é que a aprovação do projeto ocorra em um mês.


19/10/2012
Os médicos tiveram o que comemorar neste 18 de outubro, Dia do Médico. Após meses de negociações, reuniões e mobilizações com as entidades médicas paulistas, Sindicato dos Médicos de São Paulo, Cremesp e APM, foi anunciado esta manhã, pelo governo do Estado de São Paulo e pela secretaria de estado da Saúde, o novo plano de carreira para o médico no Estado, que será submetido à Assembleia Legislativa de São Paulo. A previsão é que a aprovação do projeto ocorra em um mês.

O salário do médico no serviço público estadual poderá chegar a R$ 14,7 mil; e os profissionais ainda poderão incrementar o rendimento mensal com atividade docente. As faixas salariais têm variação conforme o grau de capacitação para o desempenho das atividades. Também foi criada a categoria de 40 horas semanais de trabalho, com dedicação exclusiva, em tempo integral. A remuneração por 40 horas ultrapassa a somatória de dois vínculos de 20 horas. "É uma forma de incentivar a dedicação exclusiva", explicou Alckmin, nesta manhã, na sede da AMB, onde foi anunciado o plano. Os profissionais poderão também fazer até um plantão por semana.

Para o presidente do Simesp, Cid Carvalhaes, o anúncio da Carreira Médica é um grande avanço. E as entidades participaram da composição dos principais pontos apresentados pelo governo. "Lutamos pelo piso Fenam de R$ 9.813 para 20 horas semanais, que sempre foi o balizador das discussões, mas a proposta apresentada já é um grande avanço e uma grande vitória para os médicos, após tanto tempo de luta", reconhece Carvalhaes.

Serão três classes de remuneração:

Médico I – receberá, com teto de produtividade, até R$ 13,9 mil por jornada de 40 horas semanais; R$ 7,2 mil para 24 horas; R$ 6 mil para 20 horas; e R$ 3,6 mil para jornada reduzida de 12 horas semanais.

Médico II – irá receber, com teto da produtividade, até R$ 14,3 mil por jornada de 40 horas semanais; R$ 7,3 mil para 24 horas semanais; R$ 6,1 mil para 20 horas; e R$ 3,7 mil por jornada reduzida de 12 horas semanais.

Médico III - receberá, com teto de produtividade, até R$ 14,7 mil por 40 horas semanais; R$ 7,5 mil por jornada de 24 horas semanais, R$ 6,3 mil por 20 horas semanais e R$ 3,8 mil por jornada reduzida de 12 horas semanais.

A remuneração máxima sempre se dá pelo teto do Prêmio de Produtividade Médica, além de outras gratificações. O prêmio será pago conforme avaliação da produtividade, resolutividade, assiduidade, qualidade dos serviços prestados, responsabilidade e eficiência na execução das atividades profissionais. O valor do prêmio será computado para o cálculo de férias e décimo terceiro salário.

Médicos em cargos de chefia, como diretores, supervisores e encarregados, receberão remuneração diferenciada. Também está previsto rendimento extra mediante atividade docente. Conforme forem permanecendo no serviço público, os médicos irão receber acréscimos em suas remunerações, chegando a R$ 18,5 mil mensais. Aposentados e pensionistas também serão beneficiados.

"O novo plano promove um expressivo aumento na remuneração paga aos médicos de todo o Estado, proporcionando competitividade aos hospitais estaduais na contratação desses profissionais por concurso e, mais do que isso, valorizando a categoria como um todo. É uma conquista fundamental para a saúde pública", afirma Giovanni Guido Cerri, secretário de Estado da Saúde de São Paulo.

Também participaram a secretária de estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Battistella, e representantes das entidades médicas: Cid Carvalhaes e Otelo Chino Júnior, pelo Simesp; Renato Azevedo Júnior, pelo Cremesp; e Florisval Meinão, pela APM.
Fonte : SIMESP



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1359 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)