Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

BA: atualizações do movimento de paralisação



23/10/2012
A Comissão Estadual de Honorários Médicos (Cehm) divulga atualizações sobre os resultados da última paralisação dos atendimentos a sete planos de saúde (Petrobras, Amil/Medial, Hapvida, Cassi, Golden Cross, Geap, Sulamérica) iniciada no dia 10, finalizando nesta sexta-feira (19).

A Golden Cross apresentou uma proposta considerada pelo movimento impossível de ser aceita pois trata de um reajuste sobre tabela original ABM 92 e não prevê implantação da CBHPM. Atualmente a visita hospitar de enfermaria da Golden Cross está em R$ 28 e com sua proposta passaria para R$ 35,20 e a consulta de R$ 52 para R$ 60. A SulAmérica fez reunião, após 10 anos de negativas de negociação, no dia 8 de outubro e ficou de apresentar uma proposta e até agora não a enviou.

Já a Petrobras não apresentou nenhuma proposta de reajuste para 2012, nem estabeleceu início de reajuste ( prevista pela resolução normativa 49/2012 da ANS, que prevê a determinação de um índice de reajuste anual - prazo para esse REajuste até novembro/12). Apenas está cumprindo uma liminar da justiça expedida em abril de 2012 para que a Petrobras e Cassi cumpram o acordo Unidas assinado em julho de 2011 (CBHPM 5 a edição com deflator - 20%). A Hapvida agendou reunião para dia 15 e foi reagendada para o dia 22, sem apresentar uma proposta. A Amil/Medial, Cassi e Geap não se manifestaram.

A paralisação atingiu 400 mil usuários na Bahia e ganhou grande adesão, inclusive o apoio da sociedade. Entre as reivindicações, o movimento exigiu:
> 1. Reajuste dos honorários de consultas e outros procedimentos, tendo como referência a CBHPM
> 2. Inserção, nos contratos, de critério de reajuste, com índices definidos e periodicidade, por negociação coletiva
> 3. Inserção, nos contratos, de critério de descredenciamento
> 4. Resposta da ANS, por meio de normativa, à proposta de contratualização, encaminhada pelas entidades médicas
> 3.Fim das intervenções antiéticas na autonomia da relação médico-paciente
Fonte : SINDIMED-BA



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 995 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)