Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

RS: suspensa reunião que trataria de superlotação de emergência psiquiátrica



06/11/2012
A Secretaria da Saúde de Porto Alegre suspendeu, no final da manhã desta terça (6), reunião com o Sindicato Médico do RS (SIMERS) que trataria da superlotação da emergência psiquiátrica do Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul (PACS), a maior do Estado na área. O encontro foi agendado após denúncia da entidade de ocupação bem acima da capacidade e manutenção de pacientes por vários dias na unidade devido à falta de vagas no SUS. Nesta terça, mantém-se a superlotação no PACS.

Dirigentes do SIMERS lamentaram o cancelamento do encontro. O Sindicato continuará a monitorar o serviço e a cobrar medidas para garantir um tratamento digno a doentes com transtornos mentais e dependentes químicos, principalmente de crack. "Trata-se de uma questão prioritária para os médicos. A situação desrespeita os direitos humanos destes pacientes", alertou o diretor do Sindicato Jorge Eltz. A entidade também pretendia abordar a falta de médicos na UPA 24 horas zona norte, inaugurada há pouco mais de um mês.

O SIMERS denunciou, na semana possada, o número excessivo de pacientes psiquiátricos na emergência do PACS, que chegou a ter 23 internados para 14 leitos (mas o recomendado não é ocupar 100% das vagas devido ao perfil dos doentes), maior parte usuários de drogas. A Capital perdeu mais de 60% das vagas em quase 20 anos para psiquiatria no SUS. Já a UPA enfrenta carência de plantonistas noturnos e de fim de semana.

O Sindicato cobra formalização do convênio entre GHC e prefeitura. O grupo hospitalar assumiu a responsabilidade de contratar os profissionais e tem usado até banco de seleção do Hospital Conceição, chamando especialistas como cardiologistas para desempenhar funções de clínica médica. Isso desfalca a equipe do hospital. A prefeitura, segundo o Sindicato, tem deslocado médicos de postões para cobrar as brechas. "Um quadro que gera instabilidade no atendimento e descontentamento da população, que teve promessa de um serviço eficiente", advertiu Clarissa Bassin, diretora do SIMERS.
Fonte : SIMERS



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1000 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)