Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

SE: sindicato participa de Audiência Pública para debater questões dos anestesistas


Foto: Divulgação/internet
SE: sindicato participa de Audiência Pública para debater questões dos anestesistas
A ACP visa monitorar os pacientes para que fiquem devidamente assistidos até a liberação para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI)


20/11/2012
Representantes do Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed) compareceram à audiência Pública que aconteceu no início da tarde dessa segunda-feira, dia 19, para tratar da questão com os anestesiologistas sobre a superlotação e o funcionamento da Sala de Recuperação Pós - Anestésico (SRPA) no Hospital Governador João Alves Filho (HGJAF), fato já relatado e denunciado através de documentação pelo Sindimed.

Além deste assunto, fora tratado também a problemática dos repasses feitos pela Fundação Hospitalar aos anestesistas contratados pela Cooperativa de Anestesiologistas (COOPANEST) que trabalham no HGJAF e na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL).

A promotora de justiça Euza Missano, informou que sobre a questão do SRPA, o Ministério Público Estadual (MPE) já ajuizou uma Ação Civil Pública (ACP) no ano de 2010. "Está ACP, visa monitorar os pacientes para que fiquem devidamente assistidos até a liberação para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) ou para uma enfermaria. Então o MPE com o pedido de ução da medida liminar, diante da manifestação feita pelo Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed), inclusive com a intimação pessoal do presidente da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) para que informe ou regularize a questão relacionada à assistência ou cumprimento daquilo que fora determinado pela ordem judicial através da liminar", enfatizou a promotora.

Ainda de acordo com a promotora, ainda foi discutida a questão dos repasses feitos aos médicos anestesiologistas &ndash onde foi feita uma composição para que haja o restabelecimento &ndash completo e a normalidade da assistência através dos mesmos.

Segundo o Termo de Audiência foi informado pela presidente da Cooperativa de Anestesiologistas que os valores referentes ao mês de agosto houve a quitação no último dia 12 de novembro e que a fatura do mês de setembro foi entregue no dia 10 de outubro e que o pacto firmado com a FHS era que os pagamentos destas faturas fossem feitas 30 dias após a emissão de cada uma. E que tal condição está expressa em contrato firmado entre a FHS e a COOPANEST.

Ainda de acordo com informações passadas pelos anestesiologistas, é que houve redução significativa das horas contratadas, restando uma quantidade mínima em profissionais nestas condições, sendo a maioria contratados diretamente pela própria Fundação Hospitalar de Saúde ou pelo Estado mediante concurso público.

Devido às ausências dos representantes das diretorias administrativa e financeira da FHS, mediante contato telefônico estabelecido pelo chefe da Procuradoria Jurídica da Fundação Hospitalar informou que as faturas pertinentes aos meses de setembro, outubro e novembro de 2012 serão quitadas até o mês de dezembro de 2012 e a partir do mês predito as faturas emitidas pela COOPANEST serão pagas no prazo de até 30 dias após a sua emissão, conforme já pactuado.
Fonte : Sindmed - Sergipe



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1122 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)