Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

PA: médicos fazem visita técnica ao HPSM


Foto: Sindmepa
PA: médicos fazem visita técnica ao HPSM
As vistorias aos hospitais de urgência e emergência do Brasil vão compor relatório que serão enviados a entidades oficiais com pedido de providências.


22/11/2012
Demanda excessiva, carência de leitos, pacientes em situação de exposição, sem privacidade, infraestrutura hospitalar envelhecida, com paredes mofentas, pediatria sem medicamentos, falta de equipamentos e UTI improvisada foram alguns dos problemas identificados pela Comissão de Direitos Humanos, formada por membros da Federação Nacional de Médicos (FENAM) e do Sindmepa em visita às instalações do HPSM da 14 de Março, nesta quarta-feira (21). A visita integra a programação da reunião do Conselho Deliberativo da FENAM, que acontece em Belém nos dias 22 e 23. Mais de 50 representantes de sindicatos médicos de todo o Brasil participarão da reunião.

De acordo com o presidente da FENAM, Geraldo Ferreira, a situação do PSM da 14 de Março se assemelha à encontrada em hospitais de Urgência e Emergência de todo o Brasil. "Querem oferecer o serviço de qualquer jeito. Sem respeito à figura humana do paciente e essa realidade se dá no Brasil todo", resumiu.

Ele destacou entre os problemas verificados no hospital o uso da unidade de reanimação como UTI improvisada e a ala de Observação como leito de internamento. Como não há leitos suficientes, os pacientes acabam permanecendo na Observação por três ou quatro dias, comprometendo o atendimento dos recém-chegados. Na UTI adulto falta privacidade para os pacientes e a falta de profissionais pediatras intensivistas reflete no vazio da UTI pediátrica, inaugurada com seis leitos, mas sem uso por falta de profissionais habilitados para o atendimento.

Segundo o diretor do hospital, Marco Antonio Luz e Silva, que recebeu a equipe e conduziu os médicos na visita, uma rodada de negociação com os pediatras está marcada para a próxima sexta-feira, 23, para tentar se chegar a uma solução para o problema. A atual gestão municipal estaria solicitando autorização da comissão de transição para celebrar um contrato de um ano com os pediatras.

Na UTI adulto, dos 18 leitos, só 12 estão em funcionamento. A falta de medicamentos também é um problema que ameaça o HPSM pela proximidade do final de mandato do atual gestor municipal. O problema já começa a ser sentido pelos funcionários do estabelecimento, mas a assessoria jurídica do Hospital garante que existe um contrato aditivado para fornecimento de medicamentos até o final do ano.

As visitas técnicas da FENAM aos hospitais de urgência e emergência do Brasil devem compor relatórios elaborados pela entidade e enviados a entidades oficiais com pedido de providências. O objetivo é combater a precarização dos hospitais de urgência e emergência no Brasil e as péssimas condições do exercício da medicina nesses locais. A Federação já visitou hospitais em algumas capitais brasileiras como Natal (RN), Cuiabá (MT), Rio de Janeiro e agora Belém. A próxima visita prevista será em Campo Grande. Os relatórios serão enviados para o Ministério Público do Trabalho e Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

"Não descartamos a convocação da mídia internacional para apresentarmos o relatório aos tribunais de direitos humanos internacionais", disse o presidente da Fenam. Para o secretário de Direitos Humanos da entidade, José Roberto Murisset, que participou da visita, a urgência e emergência no Brasil "é o calcanhar de Aquiles do SUS. As urgências são desaparelhadas e as condições físicas precárias".

Além dos representantes da FENAM participaram da visita, pelo Sindmepa, os diretores Waldir Cardoso, Wilson Machado, Lafayet Monteiro e Douglas Serra Vasconcelos.
Fonte : Sindmepa



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1457 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)