Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Comissão detecta mesmos problemas nas urgências e emergências de Belém


Foto: Fernanda Lisboa
Comissão detecta mesmos problemas nas urgências e emergências de Belém
As vistorias aos hospitais de urgência e emergência do Brasil vão compor relatório que serão enviados a entidades oficiais com pedido de providências.


22/11/2012
A Comissão de Direitos Humanos da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), juntamente com membros do Sindicato dos Médicos do Pará (Sindmepa), vistoriou a situação do atendimento nas urgências e emergências em Belém, nesta quarta-feira (21). Dois hospitais foram visitados, Hospital do Pronto Socorro Municipal (HPSM) e o Hospital Metropolitano (HMUE). O presidente da FENAM, Geraldo Ferreira, explica que o contexto encontrado é o mesmo em todo o Brasil e comprova a superlotação que compromete uma assistência de qualidade à população.

"Nós encontramos o mesmo desenho em todo o país. Pessoas internadas de uma forma que degrada o ser humano, submetidas a constrangimento e desconforto, como por exemplo, nos corredores em cadeiras e papelões.
Nesse quadro abarrotado, a qualidade do atendimento se torna duvidosa e os direitos são violados". Assista na FENAM TV !

Ele completa que pacientes não podem fazer cirurgias porque não tem leitos em UTI e também não conseguem transferência, então ficam esperando eternamente.

A Comissão já passou pelas capitais do Rio Grande do Norte, Mato Grosso e Rio de Janeiro. O objetivo é garantir condições de trabalho adequadas aos médicos e assim um atendimento digno à população. Depois da análise em que se encontram as urgências e emergências do país, será emitido um relatório que servirá de denúncia e pressão para que devidas providências sejam tomadas pelo governo.

"Nós emitiremos um relatório que deve municiar o Ministério da Saúde para a necessidade de reparos e também vamos ativar a Secretaria de Direitos Humanos do Governo Federal denunciando a violação clara da dignidade das pessoas. Será um mecanismo de pressão".

Ferreira também lembra que a entidade continua na luta para tornar realidade o Projeto de Lei de Iniciativa Popular que destina 10% das receitas correntes brutas da União para a saúde.


Hospital Metropolitano

O Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) foi inaugurado em 2006. É uma unidade pública do Governo do Estado do Pará, com atendimento 100% pelo SUS e com fluxo totalmente regulado pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (SESPA). Desde 2010, o HMUE é gerido pela Organização Social de Saúde Instituto de Saúde Santa Maria (IDESMA-OSS), conforme Contrato de Gestão nº 027/2010 celebrado com a SESPA.

A diretora técnica do Hospital, Socorro Sarquis, acredita que as visitas da FENAM são um aliado que tende a caminhar para a reestruturação da rede. "Essas ações são muito válidas porque nos ajuda no fortalecimento das urgências e emergências e na busca do aumento do número de leitos".
Fonte : Fernanda Lisboa



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 990 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)