Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

MG: comissão de Saúde vai apurar situação de médicos cedidos a municípios


Foto: Divulgação Internet
MG: comissão de Saúde vai apurar situação de médicos cedidos a municípios
"Médicos estariam sendo "injustiçados", diz deputado Carlos Mosconi (PSDB).


23/11/2012
Deputados da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais querem averiguar a situação de médicos do Estado cedidos a prefeituras quando da municipalização da saúde e que estariam recebendo os mais baixos salários da classe em Minas. A comissão pretende realizar uma reunião com representantes da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), conforme requerimento do deputado Carlos Pimenta (PDT), recebido na última quarta-feira (21). O deputado estima que cerca de 1.500 médicos da ativa estariam sendo prejudicados, dos quais mais de 600 estariam cedidos somente à Prefeitura de Belo Horizonte. Outros 700 já teriam se aposentado com baixos rendimentos. Segundo o parlamentar, o salário-base dos médicos cedidos a municípios estaria em R$ 1.020,00.

Para o deputado Neider Moreira (PSD), que informou ter um irmão médico nesta situação, falta vontade do Estado para rever o posicionamento desses profissionais. Foi aventada a possibilidade de uma audiência pública sobre o assunto, mas o presidente da comissão, deputado Carlos Mosconi (PSDB), defendeu que seja feita antes uma reunião com representantes do Estado em busca de informações atualizadas. Segundo ele, prevalecendo a situação reclamada, os médicos estariam sendo "injustiçados".

Requerimento – A comissão aprovou requerimento da deputada Ana Maria Resende (PSDB) para debater o aumento dos casos de Aids entre os jovens e os projetos para combater o avanço desse vírus no Estado.

Na reunião os deputados ressaltaram, ainda, o esforço da comissão na busca de entendimentos e do diálogo que resultaram na a aprovação, na véspera, pelo Plenário, de projeto de lei do governador que institui gratificações para servidores da área de saúde.

Eleição – Em reunião especial, o deputado Carlos Pimenta (PDT) foi eleito vice-presidente da Comissão de Saúde, em substituição ao deputado Hely Tarquínio (PV), que deixou a comissão.
Fonte : Sinmed-MG



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1637 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)