Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

BA: médicos terceirizados pela SESAB não têm reajuste salarial desde junho de 2010


Foto: Divulgação/Internet
BA: médicos terceirizados pela SESAB não têm reajuste salarial desde junho de 2010
Muitos profissionais estão pedindo demissão e os gestores não conseguem repor as vagas.


05/12/2012
Os médicos terceirizados pela SESAB através de Pessoa Jurídica (PJ) e Cooperativas estão insatisfeitos, pois desde o ano de 2010, os salários não são reajustados. Isto tem dificultado o preenchimento da escala médica de unidades essenciais como as Unidades de Terapia Intensiva (UTI) pois muitos profissionais estão pedindo demissão e os gestores não conseguem repor as vagas.

O resultado é o aumento do número de dobras de turno, aumentando ainda mais a insatisfação, já elevada devido às condições de trabalho inadequadas e aos constantes atrasos.

Segundo o Dieese, de junho de 2010 até outubro de 2012, a inflação acumulada foi de aproximadamente 15%.


Dois pesos duas medidas

Outra queixa dos médicos é que a remuneração nas unidades abertas recentemente no Hospital Salvador, sob gestão da SESAB, é cerca de 20% maior do que em outras unidades como HGE e HGRS.

"A situação é grave e como sempre o sindicato está a disposição dos médicos para organizar um movimento reivindicatório", afirmou Luiz Américo, diretor do Sindimed e médico terceirizado.
Fonte : Sindimed-BA



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1169 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)