Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar




Palavras-chave

ES: posto de Carapina vai ser interditado


Foto: Simes
ES: posto de Carapina vai ser interditado
Os pacientes pedem um resultado de pronto-socorro que uma UPA não pode oferecer.


10/12/2012
Aloizio Faria de Souza, presidente do CRM, disse que a partir da semana que vem os médicos não vão mais trabalhar na UPA.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Carapina, na Serra, vai ser interditada a partir da semana que vem. O anúncio foi feito pelo presidente do Conselho Regional de Medicina do Espírito Santo (CRM-ES), Aloizio Faria de Souza.

"A partir desta segunda ou terça-feira, os profissionais vão ficar proibidos de trabalhar na unidade. Estamos aguardando a publicação primeiro e, a partir disso, passa a estar interditado" , afirmou. Segundo o presidente, o conselho votou pela interdição ética após denúncias de falta de condições de segurança e de trabalho.

O médico e conselheiro do Conselho Federal de Medicina (CFM) Celso Murad confirmou que são frequentes as denúncias de assalto e ameaças a médicos e funcionários da UPA de Carapina.

Ele disse que um dos motivos para o caos no atendimento na unidade é a procura da população por serviços de pronto-socorro. "Os pacientes pedem um resultado de pronto-socorro que uma UPA não pode oferecer. A unidade está preparada para atender os casos que não são de urgência e emergência."

A interdição será até os gestores restituírem as condições de trabalho na UPA.A Secretaria de Saúde da Serra informou que ainda não foi comunicada oficialmente da interdição.

Segundo a secretaria, a UPA de Carapina tem 21 câmeras de vigilância e oferece todas as condições de trabalho para os funcionários, além de manter quatro seguranças patrimonial e pessoal.

O secretário municipal de Saúde ,Silvani Alves, ressaltou: "Quero saber qual unidade é referência para dizer que a UPA não é qualificada para atender as pessoas."

OS NÚMEROS
600 pessoas são atendidas por dia na UPA de Carapina

300 profissionais atuam na UPA, mais de 60 deles são médicos
Fonte : Simes



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 880 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)