Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Comissão Pró-SUS debate interesses políticos para 2013


Foto: Viviana Lira
Comissão Pró-SUS debate interesses políticos para 2013



17/01/2013
A Comissão Pró-SUS, formada por representantes das três entidades médicas nacionais (FENAM, AMB e CFM) se reuniu na tarde desta quarta-feira (16), em Brasília, para debater alguns posicionamentos políticos, tais como: Plano de Cargo, Carreiras e Vencimentos; precarização do trabalho médico; Movimento Saúde +10 e o Encontro Nacional das Entidades Médicas (ENEM).

"A Pró-SUS é o espaço político das entidades médicas em que se discute os interesses dos médicos no SUS," explicou o diretor de comunicação da FENAM, Waldir Cardoso, membro da Comissão.

O Plano Nacional de Saúde também foi um dos destaques da reunião. O Secretário Executivo do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Márcio Florentino, que participou da reunião, destacou que a implementação do projeto, válido até 2015, será um dos principais pontos da agenda do Conselho nos próximos anos e que vai precisar da ajuda das entidades médicas.

"Estamos em um processo permanente de monitoramento em relação ao plano e suas diretrizes e a implementação dele nos municípios com os novos gestores municipais. Em 2013, vamos trabalhar principalmente com a implementação e a defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e os seus diversos aspectos, desde gestão, financiamento a recursos humanos, não deixando de lado o próprio trabalho das entidades médicas - em que se tem questões relativas ao trabalho e a formação", argumentou Florentino.

O Plano Nacional de Saúde é um conjunto de questões fundamentais a serem abordadas em relação ao acesso à rede pública de saúde; qualidade do serviço e tempo de espera no atendimento. O Secretário executivo promete ampliar, melhorar e legitimar o SUS, mostrando avanços e superando desafios. Para ele, a participação das entidades médicas é fundamental no processo de produção Pró-SUS.

"O Sistema não se faz sem a participação efetiva do trabalho médico, e temos cada vez mais a necessidade de ampliar o espaço na quantidade e na qualidade das especialidades dos profissionais médicos".

Durante a reunião, os conselheiros comentaram que houve uma manifestação de interesse da presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Maria do Socorro de Souza ,em visitar o Conselho Federal de Medicina (CFM) no mês de março. "O CFM fará um convite para agilizar esta visita e debater os pontos de interesse dos médicos", conclui Waldir Cardoso.

Fonte Viviana Lira



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 702 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)