Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

SE: secretaria de saúde tem que repensar contratos de Médicos


Foto: Divulgação/Internet
SE: secretaria de saúde tem que repensar contratos de Médicos
Segundo a secretária, a pretensão do município é realizar o concurso público para preenchimento das vagas.


23/01/2013
Ao fazer o primeiro balanço sobre a situação da Secretaria Municipal de Saúde, a secretária Gorete Reis constatou que a rede de atendimento está bem estruturada, porém ociosa em decorrência das graves falhas por falta de equipamento e de profissionais para atender às demandas.

Em entrevista coletiva concedida nessa terça-feira, 22, Gorete Reis defendeu a construção de um Plano de Cargos, Carreira e Salário, mas anunciou mudanças na gestão que poderão conduzir para a contratação de profissionais por meio de cooperativas ou por meio de contratos individualizados, com profissionais autônomos para aumentar a oferta de serviços de forma a se alcançar a capacidade instalada e melhorar o atendimento à população.

A intenção da secretária criou expectativa e apreensão na classe médica. Na ótica do presidente do Sindicato dos Médicos do Estado de Sergipe (Sindimed), João Augusto Alves de Oliveira, o modelo já existe na rede pública e a experiência não foi satisfatória. “Quando a secretária anunciou este método de contratação nos deixou preocupados”, disse. “Esperamos que a secretária não vá por esta linha de conduta porque o modelo já existe e é o grande gargalo da saúde”, comentou o presidente.

Concurso público

Segundo a secretária, a pretensão do município é realizar o concurso público para preenchimento das vagas, ociosas em função das condições de trabalho e pela falta de um plano de cargos e salários, segundo avalia o presidente do Sindimed. Mas uma medida imediata deve ser adotada, na ótica da secretária, uma vez que a “oferta dos serviços está bem inferior à capacidade instalada”.

A secretária observa que há grande demanda na marcação de consultas e no agendamento das cirurgias eletivas e os contratos existentes não dão garantia do atendimento. Outro grande problema também, conforme a secretária, está relacionado ao fechamento das escalas de plantão. “É um problema sério, um grande nó”, considera a secretária, ao defender uma política que possa agregar maior número de profissionais à rede, seja por contratos individuais ou por meio de cooperativa.

No entanto, a gestora esbarra nos problemas financeiros. Ela informou que os recursos próprios da secretaria, que chegam a um patamar de 17% do orçamento do município, sequer cobrem a folha de pagamento dos servidores. Os recursos próprios estão no patamar dos R$ 12 milhões, enquanto a folha praticamente ultrapassa este valor.

Juntando as demais receitas, provenientes dos convênios, a Secretaria Municipal de Saúde apresenta uma receita de pouco mais de R$ 30 milhões contra um débito avaliado em mais de R$ 52 milhões. Nestas pendências, estão incluídos, segundo Gorete Reis, cerca de R$ 1,2 milhão destinados à capacitação de servidores, que deixou de ser feita porque o Estado “se apropriou dos recursos e não fez os repasses” e ainda pendências avaliadas em R$ 3 milhões que deixaram de ser repassados para o Aracaju Previdência.

Débitos com o fornecimento de oxigênio chegam a um patamar de R$ 800 mil, cujo abastecimento foi suspenso em função da pendência financeira. “Há até nota do mês de fevereiro do ano passado sem pagamento”, considerou a secretária. “Uma situação difícil até para planejar, vamos deixar de fazer muitas ações que pretendíamos fazer nos 100 primeiros dias para buscar o equilíbrio financeiro”.
Fonte : Sindimed-SE com informações do portal Infonet



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1069 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)