Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

RS: CEHM se reúne com Instituto de Previdência do Estado (IPERGS)


Foto: Simers
RS: CEHM se reúne com Instituto de Previdência do Estado (IPERGS)
Os integrantes da comissão alegam que desde 2012 nada mais foi negociado com o IPERGS.


25/04/2013
A Comissão Estadual de Honorários Médicos (CEHM-RS) se reuniu com o diretor de Saúde do Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (IPERGS), Antônio de Pádua Vargas Alves, na tarde desta segunda-feira (22) na sede da Associação Médica do RS (AMRIGS).

A reunião extraordinária teve o objetivo de ouvir a direção do IPERGS antes da assembleia dos médicos credenciados aos planos de saúde, ocorrida à noite na AMRIGS. De acordo com Pádua, o problema do IPERGS é orçamentário. Por isto, o IPERGS está requerendo junto a Secretaria Estadual da Fazenda uma suplementação orçamentária. O assessor técnico da direção de Saúde do Instituto, José Paulo Leal, explicou que o orçamento para 2013 era de R$ 1,53 bilhão, mas após cortes, foi aprovado em R$ 1,386 bilhão, o mesmo valor de 2012 e insuficiente para ano.

Os diretores do SIMERS, Jorge Eltz, e da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), Jorge Utaliz; juntamente com o segundo secretário do Conselho Regional de Medicina (CREMERS), Isaias Levy, apresentaram as reivindicações da categoria: o valor da consulta de R$ 80,00, a adoção da CBHPM plena, reajustes anuais e a contratualização. Os integrantes da comissão criticaram o fato da última reunião do Grupo Paritário ( onde as três entidades médicas têm acento) ter ocorrido em outubro de 2012. E desde lá, nada mais foi negociado com o IPERGS.

Leal frisou que não houve paralisação nas negociações. "Não tivemos reunião porque não tínhamos novidades", admitiu o assessor do IPERGS. Segundo ele, o ano está sendo dedicado a estudos de cálculos atuarial e estatísticos para qualificar a gestão do IPERGS a longo prazo. Porém, Pádua e Leal se comprometeram em um prazo de 90 dias para apresentar um cronograma de negociações com o Grupo Paritário. O IPERGS remunera em R$ 47,00 a consulta. A tabela é própria (THP), apesar das entidades médicas terem financiado a migração do sistema IPERGS para a CBHPM em 2009.

A supervisora do Núcleo de Defesa Profissional da AMRIGS, Maria da Graça Schneider, e a assessora da diretoria do Sindicato Médico do RS (SIMERS), Cristiana Menezes, também participaram da reunião, assim como o chefe de gabinete da Presidência do IPERGS, Carlos Cesár Bento Filho.
Fonte : Simers



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 818 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)