Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

RS: trote solidário mobiliza alunos de medicina



03/06/2013
Cerca de 150 estudantes de medicina da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) participaram do Trote Solidário, ação organizada pelo Núcleo Acadêmico SIMERS (NAS), na cidade. Entre os dias 13 e 17 os acadêmicos compareceram para doação de sangue e cadastro de medula óssea no Hemocentro e no banco de sangue da Santa Casa. Já no dia 18, os veteranos e calouros estiveram em oito supermercados para arrecadar alimentos que posteriormente serão entregues a instituições carentes de Pelotas. No total foram recolhidas 2,3 toneladas de donativos. Os números referentes à doação de sangue e cadastro de medula óssea ainda estão sendo contabilizados.

No Hemocentro de Pelotas, os estudantes da UFPel estavam engajados na doação de sangue. Carolina Moojen, veterana da universidade, foi uma das organizadoras do trote e considera a atividade uma boa experiência. "É muito legal ver o resultado. O pessoal de Pelotas é sempre bem solidário". Os alunos da UCPel doaram sangue na Santa Casa e também mobilizaram os bixos. "Acho muito legal essa ação porque já estamos ajudando antes mesmo de nos formarmos médicos", ponderou Renata Brezezinski.

Na noite do dia 17, os futuros médicos assistiram as palestras que o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) e Núcleo promoveram no auditório da UFPel. Na primeira, intitulada "Ingresso do jovem médico no mercado de trabalho", o médico André Wajner, esclareceu as dúvidas dos estudantes em relação às especialidades médicas. Ele também apresentou dados sobre demografia médica e provocou os estudantes a pensarem na especialidade que querem seguir. "A impressão que temos é que eles entram na faculdade bem desnorteados, sem saber qual especialidade mais gostam, como é o mercado, quais as características de cada uma. Então essa é uma oportunidade para que esses futuros médicos conheçam e tenham uma base para escolher o caminho que querem seguir", afirmou Wajner.

A segunda palestra, "A influência da Indústria Farmacêutica na Graduação Médica", foi proferida pelo presidente do Centro Acadêmico XXll de Março da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e diretor do Núcleo, Vinícius de Souza. O estudante falou sobre a aceitação de presentes por parte da indústria farmacêutica, bem como sua influência no mercado.

A segunda parte do trote em Pelotas aconteceu no dia 18 com a arrecadação de alimentos e produtos de higiene em oito supermercados da cidade. Grupos de aproximadamente seis estudantes se revezavam durante o dia para colher as doações das pessoas que passavam. Para os voluntários do Banco de Alimentos que acompanharam a ação, as arrecadações do trote ajudarão diversas entidades que necessitam desses donativos.
Fonte : SIMERS



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 878 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)