Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

RS: médicos têm semana de forte mobilização pela saúde pública



15/07/2013
Médicos e estudantes de Medicina em todo o País deflagram esta semana novas mobilizações em defesa da saúde pública brasileira, cobrando mais investimentos do governo e garantia de condições para cuidar adequadamente da população. A pressão aumentará para elevar o orçamento da União de 4,4% das receitas brutas para 10%. No RS, está prevista caminhada nesta terça, a partir das 15h em Porto Alegre (saída do Museu de História da Medicina em direção à prefeitura), além de atos regionalizados no Interior, nos moldes do que ocorreu em 3 de julho.

Nesta segunda-feira (15), O Sindicato Médico do RS (Simers), Cremers e Amrigs divulgarão como serão os protestos em todo o Estado. Na quarta-feira, já está agendada assembleia geral, na AMRIGS, às 19h, quando deve ser confirmada a greve geral no dia 23. Na semana passada, a categoria realizou plenária histórica (com mais de 800 participantes) e aprovou indicativo de paralisação.

A situação do SUS, o programa Mais Médicos (que foca apenas a vinda de profissionais do Exterior) e recentes vetos de Dilma Rousseff ao PL da Lei do Ato Médico (ignorando decisão unânime do Senado e 12 anos de debates públicos) estão no centro dos protestos. O maior problema da saúde pública não é a falta de médico (o País tem o dobro do número que necessita, segundo o próprio Ministério da Saúde e considerando o nível de investimentos e gastos per capita, um dos piores entre nações emergentes). A deficiência é de estrutura (postos, exames, vagas em hospitais...) e ausência de carreira para fixar os profissionais - seja nas grandes cidades ou localidades longínquas.

As ações são organizadas por SIMERS, Cremers, Amrigs e AMERERS (residentes) no RS, além dos centros acadêmicos das 11 faculdades de Medicina do Estado. No Brasil, o calendário nacional é coordenado pela Federação Nacional dos Médicos (Fenam), pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), pela Associação Médica Brasileira (AMB) e Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMR), além das faculdades.
Fonte : SIMERS



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 904 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)