Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Núcleo da FENAM encaminha Congresso Extraordinário Charles Damian em comemoração aos 40 anos da entidade


Foto: Fernanda Lisboa
Núcleo da FENAM encaminha Congresso Extraordinário Charles Damian em comemoração aos 40 anos da entidade
Reunião de núcleo da FENAM realizada no Rio de Janeiro nesta sexta-feira (25).


25/10/2013
Em reunião de núcleo da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), realizada nesta sexta-feira (25) no Rio de Janeiro, os diretores presentes encaminharam o "Congresso Extraordinário Charles Damian" em comemoração aos 40 anos da entidade. O evento será realizado nos dias 28, 29 e 30 de novembro no Hotel Windsor Guanabara, com a realização de reunião da diretoria executiva, baile festivo e congresso. O diretor de assuntos jurídicos da FENAM, Vânio Lisboa, explicou a importância para a atual gestão de realizar o evento, em uma data considerada emblemática.

"Esse ano, nós tivemos um embate grande com o governo e acabamos sendo atropelados. O congresso visa resgatar a credibilidade do médico em si mesmo e na sua profissão, reforçando as nossas pautas dentro do movimento sindical", disse.

A programação se inicia na quinta-feira (28), às 10h, com a reunião da diretoria executiva da FENAM. À noite, será realizada a festa comemorativa onde serão homenageados nomes que engrandeceram a luta da categoria. As primeiras homenagens serão dedicadas a dois ícones do sindicalismo médico brasileiro, Eraldo Bulhões e Charles Damian (in memoriam). Outras honrarias serão entregues aos parlamentares que se destacaram por apoiar o movimento médico. Foram escolhidos o senador Paulo Davim (PV/RN) e os deputados Ronaldo Caiado (DEM/GO), Luiz Henrique Mandetta (DEM/MS) e Eleuses Paiva (PSD/SP) receberão honrarias da entidade.

O congresso terá início às 14h da sexta-feira (29) e abordará o momento político nacional e a reforma estatutária da FENAM. O dia finaliza com um happy hour no próprio hotel. A reunião tem seguimento na manhã do sábado e a programação termina com um almoço. São esperadas 150 representações do movimento médico.

A proposta orçamentária para 2014, o regimento interno da FENAM, o Mais Médicos e ações judiciais da entidade que questionam o programa também compuseram a pauta da reunião de núcleo nesta sexta-feira. Após a sanção presidencial da MP 621/13, a liderança pretende retomar a luta da categoria, com as reivindicações históricas e envolver todos os médicos. A defesa dos direitos humanos, a desprecarização do trabalho, o piso FENAM, a recuperação da gratificação de desempenho dos médicos federais, a carreira médica e o financiamento da saúde são as principais bandeiras da entidade.

Estiveram presentes o presidente e o vice, Geraldo Ferreira e Otto Baptista; os secretários de assuntos jurídicos, de direitos humanos, discriminação e gênero e geral, Vânio Lisboa, José Murisset e João Batista de Medeiros; os diretores de finanças e de formação profissional e residência médica, Mário Ferrari e Antônio José Santos e o presidente do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro (SinMed-RJ), Jorge Darze.
Fonte : Fernanda Lisboa



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1101 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)