Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Frente Parlamentar da Sa?de vai criar comit? para salvar hospitais comunit?rios e privados



11/02/2004
Uma reuni?o da Frente Parlamentar da Sa?de com representantes da Confedera??o das Santas Casas e Hospitais Filantr?picos do Brasil marcou o in?cio de uma nova ofensiva em favor do reajuste da tabela de procedimentos do Sistema ?nico de Sa?de ? SUS. Esse reajuste ? considerado vital para a revitaliza??o e o salvamento da rede hospitalar privada e comunit?ria do pa?s. Por sugest?o do deputado Darc?sio Perondi (PMDB-RS), ser? instalado um comit? suprapartid?rio, integrado tamb?m por entidades ligadas ? sa?de, nos mesmos moldes do que foi criado no ano passado e que conseguiu evitar o desvio de recursos or?ament?rios da sa?de para utiliza??o no pagamento do servi?o da d?vida e em outros programas, como o Fome Zero.





O deputado, que no ano passado denunciou o desvio de recursos do setor e liderou o movimento "SOS Sa?de", batizou a nova campanha de "Reajuste J?". Segundo o parlamentar ga?cho, existem recursos no or?amento da Uni?o de 2004 para a concess?o do reajuste. Sem isso, alertou Perondi, muitos hospitais v?o fechar as portas e a popula??o ser? penalizada. O deputado informou, ainda, que muitas institui??es privadas e comunit?rias est?o demitindo pessoal e cortando servi?os e leitos.





J? o deputado Jos? Pinotti (PFL-SP) informou que o Instituto do Cora??o ? Incor, de S?o Paulo, fechou o ano de 2003 com um preju?zo de R$ 40 milh?es, o equivalente a 20% de sua receita. De todos os pacientes atendidos pelo Incor, 80% s?o do SUS. Segundo Darc?sio Perondi, essa realidade mostra bem que at? institui??es de peso e renome como o Incor j? n?o suportam a baixa remunera??o do Governo.





Perondi acredita que depois da tentativa de desvio de recursos do Or?amento no ano passado, promovida pelo Governo Federal, essa ser? a luta mais marcante este ano, principalmente por sua import?ncia social. Afinal, disse ele, os hospitais privados e comunit?rios empregam diretamente dois milh?es de pessoas e indiretamente outras cinco milh?es. Al?m disso, s?o respons?veis por 60% de todo o atendimento hospitalar no Brasil.











Fonte : Assessoria de Imprensa do Deputado Darc?sio Perondi



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 683 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)