Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Or?amento da sa?de ser? readaptado para cumprir emenda constitucional



30/03/2007
Bras?lia - O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse, em entrevistas a emissoras de r?dio parceiras da Radiobr?s, que o governo ter? de fazer um novo c?lculo dos gastos com sa?de para este ano. A adapta??o ? necess?ria para que o governo cumpra a Emenda Constitucional 29, que prev? que o or?amento da sa?de n?o pode ser menor do que do ano anterior, acrescido da varia??o nominal (crescimento real mais infla??o) do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todas as riquezas produzidas no pa?s. Com as altera??es no m?todo de c?lculo do PIB, o crescimento da economia brasileira, em 2006, mudou de 2,9% para 3,7%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estat?stica (IBGE).



?Vamos ter de mudar certamente o c?lculo do que tem de ser dispendido de recurso na ?rea de sa?de. Isso significa adequar o or?amento, remanejar recursos, dar prioridade na hora que formos liberar recursos que ficaram de reserva. Claro que n?s ?amos ter de dar prioridade para a sa?de e agora vai ter de ser mais ainda. Com certeza, isso ? um problema que j? est? sendo equacionado porque n?o temos como escapar disso?, disse Bernardo. Segundo ele, o governo tem, aproximadamente, R$ 4,2 bilh?es de reservas no or?amento.





Fonte : Ag?ncia Brasil - 30/03/2007



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 603 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)