Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar




Palavras-chave

Especialistas apontam rela??o da polui??o e do c?ncer



14/03/2008
O crescimento urbano e industrial tem elevado no mundo inteiro a emiss?o de poluentes no ar. A polui??o atmosf?rica afeta o sistema respirat?rio, podendo provocar e agravar diversas doen?as cr?nicas como bronquite, rinite al?rgica, enfisema pulmonar, fibrose e asma.



Caracterizada pela presen?a de gases t?xicos e de part?culas l?quidas ou s?lidas no ar, a polui??o, em um primeiro momento, causa rea??es inflamat?rias nas vias ?reas, afetando, principalmente, aqueles que j? possuem problemas respirat?rios. Contudo, habitantes de cidades polu?das, como S?o Paulo, possuem grande probabilidade de contrair males infecciosos como tuberculose, pneumonia e doen?as virais. Pior ainda: cerca de 30% dessa popula??o est? suscet?vel a desenvolver um c?ncer de pulm?o.



?Quando a polui??o entra em contato com o pulm?o, provoca inflama??o e redu??o das defesas pulmonares?, explica Ubiratan de Paula Santos, presidente da Comiss?o de Doen?as Ambientais e Ocupacionais da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT).



Ind?strias e ve?culos automotivos liberam, diariamente, uma quantidade muito grande de poluentes no ar. Entre os potencialmente prejudiciais, est?o o mon?xido de carbono, di?xido de enxofre, mon?xido de carbono, ?xidos nitrosos, oz?nio e material particulado.



A polui??o do ar em S?o Paulo pode causar danos semelhantes ao causados pelo cigarro em fumantes, mas em escala menor. ?Ela atinge a todos em escalas diferentes, dependendo do local de moradia e da quantidade de carros que transitam na regi?o. No entanto, para aqueles que fumam, os danos s?o superiores, pois acrescentam aos poluentes inalados as milhares de subst?ncias presentes na fuma?a do cigarro?, disse o especialista.



Durante dois anos, Ubiratan de Paula acompanhou aspectos da sa?de de 50 funcion?rios da Companhia de Engenharia de Tr?fego (CET). Todos eles trabalhavam nas marginais Tiet? e Pinheiros, n?o fumavam e nem eram asm?ticos. Em 36% dos avaliados, o resultado foi de hiperresponsividade br?nquica e decl?nio acentuado da fun??o pulmonar. A redu??o encontrada no espa?o de um ano foi cinco vezes maior do que a esperada, ?ndice mais comum em fumantes.



?Constatamos que o aumento da polui??o eleva o risco de doen?as cardiovasculares. Altera a press?o arterial e tamb?m o eletrocardiograma, indicando maior risco de arritmias. Os marcadores inflamat?rios do sangue tamb?m apontam mais chances de infarto?, relata Ubiratan.



Para se prevenir



?Indiv?duos com problemas respirat?rios devem evitar a pr?tica de exerc?cios f?sicos em academias ou ao ar livre, em locais com grande tr?fego de ve?culos, principalmente, nos hor?rios de pico, entre 7h e 9h e entre 17h e 21h. ? que ao realizar exerc?cios, a pessoa respira mais vezes por minuto, consome mais ar e, consequentemente, inala maior quantidade de poluentes?, explica Jos? Eduardo Delfini Can?ado, presidente da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT).



?Essa quest?o do hor?rio ? regra, mas h? exce??es: nos dias ensolarados, mais freq?entes no ver?o, o per?odo entre 10 e 15h n?o ? recomendado, pois o sol reage com os poluentes emitidos pelos carros, gerando efeitos nocivos?, aconselha Ubiratan de Paula Santos. No inverno, a situa??o tamb?m n?o ? favor?vel. A invers?o t?rmica e as mudan?as bruscas de temperatura permitem elevada concentra??o das subst?ncias poluentes.



Outro fator importante a considerar ? a umidade do ar. Quando est? abaixo de 30%, o cuidado deve ser redobrado. Pessoas com diabetes, doen?as cardiovasculares, hipertens?o, doen?a pulmonar obstrutiva cr?nica e asma n?o devem fazer exerc?cios de jeito nenhum em dias com tais caracter?sticas.



Para reduzir o problema da polui??o do ar, os especialistas sugerem duas alternativas: a primeira ? que haja redu??o significativa nas queimadas; a segunda ? que medidas de incentivo sejam tomadas pelos governos para a melhoria do transporte p?blico, em particular nas regi?es metropolitanas, e que possibilitem a redu??o do n?mero de ve?culos circulantes, o que, conseq?entemente, diminuir? a emiss?o de gases poluentes.



Pulmonar



A SPPT abre espa?o em seu site www.pulmonar.org.br para presta??o de servi?os ? comunidade. Ele traz aos cidad?os todo o tipo de conhecimento sobre as doen?as respirat?rias e pulmonares. Tamb?m disp?e de dicas de h?bitos saud?veis, preven??o e cuidados com a sa?de. As dicas do portal, assim como seu conte?do, n?o substituem o acompanhamento m?dico.















Fonte : Acontece Comunica??o e Not?cias - 14/03/2008



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 465 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade FENAM
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da FENAM




Enquete

Você é filiado ao seu sindicato?


Não
Sim
Opa, selecione uma op��o.









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)